segunda-feira, 11 de agosto de 2008

O devido valor

Você sabe que tem, mas nem dá a tamanha atenção.
E aquilo fica lá, horas, dias, meses e anos. Até você perder. E é a partir daí que você sente sua falta.
Seja com gente, coisas ou animais. é quase a mesma coisa : '' Só da valor quando perde ''

Quantas vezes isso não aconteceu comigo...
Tentei voltar atrás, mas nada adiantou.
Já era tarde de mais.
O pior é que não consigo aprender a lição.
Mas estou conseguindo.

É como uma família, a sua está sempre lá ao seu lado. E muitas vezes você briga, grita e xinga.
E de um outro lugar, tem aquela criança sozinha, sem ninguém para cuidá-la, para amá-la.

As vezes o melhor remédio é se colocar no lugar de quem não tem o que você tem.
A gente começa a olhar tudo com outros olhos. A gente começa a dar mais valor.

3 comentários:

Monique Lôbo disse...

Oi Thaís,desculpa pelo sumiço,fiquei sem net esses dias.
Parece que vc escreveu esse post pra mim,briguei com emus pais,e apesar de ainda estar muito chateada,eu to meio arrependida.
Bjusss

Bertonie JVinee disse...

Verdade.
A gente só dá valor as coisas quando as perdemos. Isso é um defeito humano.
Adorei essa postagem sua
xD
abraços

A primeira parte da série tá lá, hein?Conto contigo

"O Autor", disse...

E a gente deixa de acreditar em certos sorrisos.