domingo, 27 de dezembro de 2009

3...2...1...0!

E começa toda aquela preparação de fim de ano. Arrumando as malas, se despedindo de quem fica e se preparando pscicológicamente para ficar mais de cinco horas viajando sob um calor mortal dentro de um carro. Mas tudo isso passa ao chegar no destino e sentir aquele cheiro de mar junto com aquela brisa refrescante. Mas a gente chegou e já estamos pronotos pra ir à praia e ficar lá até o pôr do sol, e que por do sol!

Os dias passam e chega o dia 31. Dia de preparo e correria. As mulheres começam a se arrumar as cinco horas da tarde enquanto os homens estão no mercado comprando o que falta para o último jantar do ano. Tudo é feito com aquela alegria de sempre, aquela ansiedade, aquele carinho.

Mal o tempo passou e já estão na contagem regressiva. 2010 chegou. Gritos de alegria, pulos e abraços. Mais um ano cheio de lutas, vitórias e conquistas. Mais um ano maravilhoso a nossa espera. :)

Feliz ano novo para todos vocês!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

É Natal, fazer o que?

Desde pequena fazia listas intermináveis ao Sr. Noel, mas infelizmente, nem todas eram atendidas. Queria porque queria aquela boneca que parece muito ser verdadeira e até hoje não consegui (Tá, eu não quero mais essa boneca, obrigada). Já pedi algumas bolsas e nada delas aparecerem. Com aquele iPod que eu quero tanto não foi diferente e mais inúmeros outros presentes.


E assim foi durante vários anos, presentes agradáveis, outros nem tanto assim. Mas da mesma forma, gostando ou não, sorria da maneira mais simpática possível e agradecia, afinal aquela pessoa teve todo um trabalho para pensar em mim e comprar algo (Mesmo tendo um gosto tão péssimo para presentes). Espero que este Natal eu tenha mais sorte com os presentes. Quem sabe?

Caso isso não aconteça eu vou aproveitar a alegria que é estar no Natal com todos reunidos e com um jantar delicioso, hihi. E desejo que você tenha um Natal maravilhoso e com presentes bons também :)

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Obrigada Dois mil e nove :B

Posso dizer com toda certeza que 2009 foi o melhor ano da minha vida. Sem a menor dúvida.

Foi em 2009 que conheci pessoas maravilhosas; conheci amigo que me apoiam, que me fazem rir, amigos. Fiz amigos inesquecíveis.
Foi em 2009 que descobri o quanto é importante ter a família ao seu lado. Ela é a base de tudo, é a minha sustentação. A minha família é a minha vida, e agradeço todos os dias aos meus pais por todo esse amor que recebi.
Foi em 2009 que eu soube que servir a Deus não é uma vergonha e muito menos uma chatice. Através Dele que eu encontrei respostas, que encontrei a verdade. Foi Ele que mudo (e para melhor) a minha vida.
Foi em 2009 que pude desfrutar da alegria de ser uma Palhaça (Graças A Deus), do prazer que é teatrar três horas por semana.
Foi em 2009 que soube que ajudar quem precisa é algo maravilhoso.


Minhas Palhaças, hihi *-*

E depois de todos esses dias vividos neste ano, depois de passar não só por alegrias, mas por muitos desafios, que descobri que a vida é uma dádiva e não há coisa melhor de se estar nela.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Saudades

É o que eu mais vou sentir durante esses próximos dias. Saudades de acordar cedo e de reclamar pelas milhões de lições que aquelas professoras sem a maior noção mandavam todos os dias. Vou sentir falta de ser sempre a primeira a chegar naquela sala que mais era uma sauna e esperar todos aqueles amigos que eu agrecia todos os dias em tê-los por perto. Vou sentir saudades das coisas mais chatas, das coisas em que todos querem fugir o ano inteiro: do colégio. Mas não do colégio em si, aí já é um exagero, né? rs. Mas sim, daqueles, que lá estavam.

Amigos que compartilhávamos tudo, que brigávamos, que chorávamos, enfim, amigos. E sem querer ser muito melodramática ou muito extensiva (?), são nessas horas que eu percebo o quanto cada um deles fazem parte da minha vida e acima de tudo, são importantes.

Por isso hoje, eu só tenho a agradecer a cada um deles que me fizeram rir, me fizeram chorar, me fizeram acreditar. Eu só ttenho a agradecer a todos aqueles que fizeram parte da minha vida e vão fazer, eternamente.

E um beijo porque agora é FÉRIAS \O/

domingo, 13 de dezembro de 2009

Loucuras de 2010

Nos 365 dias de 2010 muitas coisas acontecerão. Rihanna lança uma revista de dicas de penteados que, infelizmente, não fará sucesso algum. O casal Taylor admite o relacionamento e diz que ao terem um filho este se chamará... tanã... Taylor! Amy Winehouse vai por silicone no bumbum e sair mostrando para todo mundo. Lady Gaga, no topo da fama, afirma lançar uma grife de roupas exclusiva. Ninguém vai ligar para a confusão que o Orkut novo é, só querem saber de Twitter. Pessoas vão dizer que viram Michael Jackson dançando em pleno verão nas praias do Rio. E o quinto programa do 'Geraldo Brasil' fará uma cobertura completa, o dia inteiro, sobre essa babaquisse.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

O meu outro eu ambulante

Assim como qualquer outra pessoa, minha irmã gêmea teria características tanto parecidas quanto diferentes de mim. Características semelhantes? As físicas claro. Já as diferentes, seriam tantas.

Cada uma teria um estilo, eu seria a romântica e ela toda moderninha usando jeans colorido e óculos wayfarer.
Ela seria ótima em exatas e eu, em humanas; seria fácil trocarmos de sala nas horas das provas e assim ninguém ficaria triste com notas baixas.
Saberíamos os segredos de todo mundo já que as pessoas sempre nos confundiriam sem ao menos tentar descobrir quem é.
Dividiríamos as roupas, os perfumes, as bijuteiras, o quarto... tudo! Menos os namorados, é claro. rs
Se tivesse uma irmã gêmea, apesar de sermos tão diferentes por dentro, não conseguiria ficar longe dela, afinal, ela se tornaria uma parte de mim. Literalmente.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Trauma de amigo secreto

Estava bem ansiosa o amigo secreto que teria aquele ano, afinal não ia ganhar só um bom-bom no amigo chocolate ou algum presente sem nenhuma utilidade do amigo da onça; ganharia um presente digno!
Até que o dia chegou. E toda aquela agitação começou. Todo mundo pronto e lá vai.
"Bem, minha amiga secreta é baixinha, loira, demora para entender as piadas e tem uma risada esquisita." Risada esquisita? Só podia ser eu! Fui na direção dele sem tirar os olhos do embrulho vermelho e com um sorriso enorme agradeci, dei-lhe um abraço, rasguei o papel e ... era uma caneta com um calendário dentro. Forcei-me a sorrir e me controlei para não fazer algo pior.

Será que não tinha algo mais últil no valor de 3 reais?

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Mãe! Aquele não é o Jason?

Ele estaria lá, há pouquíssimos metros de mim, só distância nos separava.
Em uma fração de segundos procuraria histéricamente um pedaço de papel, uma caneta e minha câmera de meio quilo. Já estaria pronta para a minha pequena maratona; sairía correndo, empurrando tudo que estivesse à minha frente. Até que chegaria. É ele, o meu maior idolo de todos os tempos: Jason Mraz! Em meio a tanto nervosismo, com as pernas bambas, pediria um autógrafo com aquele inglês bem embromation e, claro, uma foto também. Tiraria aquela câmera (se é que pode-se chamar assim), ele me olharia como se eu fosse uma louca, mas sem deixar toda aquela sua simpatia de lado. Só mais um pouco e pronto, a foto estaria tirada! Thanks Jason, I love you so much!

É, eu falar inglês na pior pronúncia possível, passaria por um papel de uma completa maluca! Mas e daí? Eu conseguiria um autógrafo e uma foto com ele! Sim, o próprio Jason Mraz.

Ah, quem dera que isso tivesse realmente acontecido!

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Para uma vida mias tranquila

Cá entre nós que essa expressão é muito velha que tem certos tipos de pessoas que são insuportáveis, difíceis de conviver e cheia de não-me-toques. Ou seja: gente chata. Por isso, eu decidi ajudar vocês a ficarem o mais longe possível das

10 pessoas mais insuportáveis de se conviver


10. Que não escutam direito


9. Reclamam de tudo


8. Gente que fala esquisito


7. Escutam Cine hihi, brimks n


6. Brega



5. Está sempre de mau humor


4. Acha que é engraçada mais não é o que as vezes acontece comigo


3. Que não sabem se vestir




2. Gosta de cantar músicas como a da Mulher Melancia


1. Que não tomam banho







rs.



Quem sabe se seguindo essas dicas você seja uma pessoa mais feliz, com uma vida mais tranquila, longe de pessoas... assim. :B

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

O direito de um bom melhor amigo

Maurício de Sousa criou o personagem no qual eu menos esperaria: Tina ganhou um novo melhor amigo. E gay. Coisa que criou muita polêmica, o que já era de se esperar.
.
Sinceramente? Sou bem a favor. Desde pequenos devemos aprender a conviver com as pessoas sem nenhum tipo de preconceito. Independentemente da opção sexual dela, ela continua sendo a mesma. E sim, odeio gente que tem neura com essas coisas.
.
Um dos meus melhores amigos, se não for o melhor, é gay. E é uma das melhores pessoas que já conheci. O melhor amigo que alguém possa ter. É aquele que te entende, aquele te te ajuda, aquele que se preocupa com você. Não me imaginaria sem ele. Sério. E acho que Tina, tem todo o direito de ter um amigo assim.
.
É importante que todos entendam que ser homossexual não é nada de anormal. Ele continua sendo um humano, que come, bebe e vive normalmente, o que não é motivo para tanta rejeição e discriminação da sociedade.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

E se acabar?

Se o mundo acabasse em 2012, não pensaria duas vezes e pegaria uma passagem para o Rio de Janeiro e ficaria naquelas lindas praias tentandome bronzear, coisa que nunca consegui. Afinal, se eu pegar uma insolação, não tem problema, o mundo vai acabar mesmo...

sábado, 7 de novembro de 2009

Novo Mundo Rosa

Não seria preciso sair pintando as paredes das ruas de rosa, fazer movimentos contra esse mundo cinza e sem cor no qual vivemos. Nada muito escandaloso. Uma revolução não seria necessária. Apenas algumas ações pequenas e simples. E com um destaque enorme.

Parar de assistir a televisão, sofrer com aquele calor infernal dentro de um carro sem ligar o ar condicionado, ter que plantar uma árvore por dia, doar mais da metade de sua humilde mesada à diversas instituições de caridade... Não estou dizendo isso. É uma coisa ainda mais simples.

Um abraço verdadeiro, um bom dia àqueles que passam todas as manhãs ao seu lado e você nunca reparou, sorrir mais, doar um livro aquelas crianças que nunca tiveram tal oportunidade... São esses pequenos atos, feitos de coração que tornam um mundo mais colorido. Um mundo mais pink.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Licença?

Será que você poderia me dar licença? Isso, com licença? Moço! Por favor! Eu não consigo enxergar o que está escrito, eu preciso ver urgente! OOI! É! Você! Pode ir um pouco mais para o lado? São só dois passos, vai te matar? O que? Ei! Dá licença cara! Eu preciso ser mal educada parar você fazer um favor? Agora vai fazer cara feia? Quantos anos você tem? Com licença! Então você vai ficar aí me atrapalhando? Ah, tudo bem. Eu mesma me retiro, muito obrigada.

Gente mal educada, definitivamente, me tira do sério.

sábado, 17 de outubro de 2009

Viver a Vida (Traindo)

Tá, antes de mais nada, vou confessar uma coisa: estou assistindo a nova novela da Globo. E perdendo meu tempo assistindo as tristeza de personagens inexistentes e todo aquele drama que me faz querer saber o que vai acontecer, me fez criar uma revolta. Sim, mais uma para a minha coleção.

Nessa novela tem mais dois casos de traição ou o começo de uma, pouco importa, é traição. E isso, para mim, é extremamente ridículo, inútil e me deixa muito brava. Muito. Me pergunto então, porque esses caras casaram? Sendo que eles não tem o mínimo de respeito para com quem eles prometeram amar até o fim de vossas vidas.
O que você vai ganhar com uma mulher a mais? Status de pega-todas-e-é-o-gostosão? Grande coisa. Uma aventura a mais?Sabe, um amor verdadeiro é uma coisa que, apesar de ser simples, é tão singela, é tão bonita. Ultimamente não é tão comum assim, vendo os casais se declararem, fazer juras de amor e mimimi. Agora a coisa é mais moderna, entende? Poligamia. Para que ficar só com uma, enquanto se pode ficar com vááárias?

Pois é, acho que nesse assunto eu ainda prefiro como era antes. O seu amor acima de tudo, sabe?

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Sorte em ter sorte

Desde pequena nunca havia ganhado um sorteio sequer. Nas festas juninas participava dos bingos, onde o prêmio era aquela boneca que todas as meninas desejavam. Roia metade das minhas unhas e irritava meus pais o tempo inteiro só por causa daquela boneca. Mas todo aquele sofrimento foi em vão: não ganhei a tal boneca. E nunca ganhava nada também. Concursos, promoções... não adiantava, eu nunca ganhava. Até que desisti.
Mas soube de umas incrições que, quem sabe, poderia me dar bem pelo único dom que eu tinha (e ainda tenho): escrever. Pensei muito, chamei pela Senhora Inspiração e as palavras foram surgindo e o texto estava feito. Mandei. Foram semanas e semanas de uma espera praticamente interminável, quando entrei no site. Não havia nenhuma atualização, procurei nas revistas e nada também. Quando estava quase desistindo e comprovando mais uma vez que eu não tinha sorte para essas coisas, recebi o e-mail tão esperado dizendo: ''É com uma imensa alegria que trago a boa notícia de que seu blog foi selecionado para participar do Tudo de Blog 2009, promovido pela revista Capricho!''. Precisava de sorte maior que essa?

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Tensão Pré Aniversário

Acho que isso deve ser alguma coisa pré-aniversário, não sei.
Amanhã é o meu aniversário. O dia em que mudou a vida de muitas pessoas meus pais. O dia em que eu fico mais velha. O dia em que eu ganho presentes. PRESENTES! Então porque eu teria essa crise de depressão? Afinal, é justamente no dia do seu aniversário que pessoas que você pensava nem existir mais mandam um escrepe e ainda falam que sentem saudades! Todo mundo sai te abraçando, falando sempre a mesma coisa: ''Parabéns Tha, tudo de bom, felicidades, amor, muitos gatinhos, HAHA. Continua essa menina que você sempre foi!'' Dão um sorriso e saem andando. Apesar do discurso já decorado é bom saber que as pessoas pelo menos tiveram o trabalho de lembrar de você. Ou não. Elas apenas viram algumas pessoas abraçando e gritando PARABÉÉÉÉNS! E vão lá como se tivessem lembrado.
Mas isso não tem problema. Eu já fiz isso. E todo mundo já fez.


As vezes, essa tristeza some por um tempo quando eu entro aqui. Juro, e não é pra puxar saco não, aliás, odeio quem faz isso. Ultimamente o que eu menos tenho feito aqui é atualizar. E quando eu posto, só consigo responder quatro ou cinco comentarios, deixando tudo pra depois, não é por isso que vocês deixam de vir aqui e falar alguma coisa, seja lá o que for. E presente mais animador que isso, não tem.

domingo, 11 de outubro de 2009

Só um abraço

Não tinha mais dúvidas: o mundo estava conspirando contra mim. O tempo era insuficiente, aquele texto não estava bem escrito, um dos trabalhos mais importantes do ano tinha esquecido em casa, estava brigada com todo mundo. E olha que a sexta-feira não nem tinha chegado. Estava completamente desanimada. Não queria ver ninguém, só queria ficar longe de tudo e mergulhar nas minhas tristezas. Uma coisa um tanto depressiva.
Mas a salvação estava mais perto do que nunca. A porta do quarto abre lentamente eu já ia gritando para saírem antes que eu faça uma loucura, quando entra a mulher mais importante da minha vida, com um chocolate quente e aquele bolo de cenoura que só ela sabe fazer. Senta ao meu lado, me dá um beijo e diz as palavras mais animadoras que existem: ''Eu amo você filha''. E num único abraço toda aquela angústia é esquecida.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Qual é o site do cavalo?

.

.

.

.



www.cavalo.com.com.com.com.com.com.com.com.com.com.com.com.com.com.com

(Risos '-')

Gente, desculpa mesmo pela minha ausência todo esse tempo, to estudando muito e toda aquela história. E vou ficar fora por mais cinco dias. Ah, odeio isso. :*

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Começar de vez!

Aquele domingo a noite depois de ter comido quilos de chocolate, sorvete e não sei mais o que, você está decidia: Segunda-Feira sem falta vai começar uma dieta. E daquelas. Mas é justo nesse dia que a sua amiga vai fazer uma festinha simples. O que é sinonimo de doces, frituras, gorduras e... fim da dieta! Que pena, ela vai ter que começar outro dia. Será mais algum tempo comendo um pouquinho acima do necessário - até que não é tão ruim assim.
E essa dieta vai sendo adiada durante dias e semanas... quem sabe até meses! Mas ela nunca tem começo, meio e muito menos fim!


Mas o que não falta é tempo para essa tal de dieta acontecer de vez. Se não for nesse mês, vai ser no próximo; um dia ela vai ter que acontecer. Por isso eu digo: Nunca é tarde para começar a dieta que nunca começou!

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Inteligência Sobrenatural Tecnológica -q

Tem gente inteligente, engraçada, sei lá. O mundo é feito das mais variadas pessoas -q E dentro dessas pessoas claro, existem as burras! Sendo loiras ou não elas existem. FATO.
E lendo aqueles e-mails que a gente recebe todo dia da família me deparei com um que, realmente, eu fique decpcionada com o mundo. Ou só com o Brasil mesmo.

Usuário: 'De repente aparece uma mensagem na minha tela que diz 'Clique Reiniciar'.... O que eu devo fazer?'
Suporte: 'O senhor aperte o botão solicitado, desligue e ligue novamente.'
Sem pestanejar, o usuário desliga o telefone na cara do atendente e liga para o suporte novamente.
Usuário: 'E agora o que eu faço?'

COMO ASSIM O TONTO DESLIGA O TELEFONE? Não sei nem porque ele gasta dinheiro comprando um computador, sinceramente...

Suporte: 'Em que posso ajudar?'
Usuário: 'Estou escrevendo o meu primeiro e-mail.'
Suporte: 'OK, qual é o problema?'
Usuário: 'Já fiz a letra 'a'. Como é que se faz o circulozinho em volta dela pra fazer o tal arroba?'

Prefiro economizar as palavras que ainda me restam.

Depois de um tempo falando com o atendente do suporte.
Suporte: 'O que tem do lado direito da tela?'
Usuário: 'Uma samambaia!'
Suporte: Silêncio

E eu achava que não sabia quase nada disso de tecnologia, agora estou me sentindo um gênio. É.

domingo, 20 de setembro de 2009

Mágica

Tudo era mágico quando criança: os passarinhos conversavam, as flores escutavam e duendes eram as criaturas mais amigáveis do mundo.
A palavra problema nem se quer existia, a não ser quando o papai não quisesse te dar aquele brinquedo de presente que por mais que você já tivesse uns quinhentos, queria mais um, para ter a coleção maior de todas.
Todo mundo era amigo, todo mundo brincava junto, dava risada... Qualquer piadinha ou barulho esquisito já era motivo para um gargalhada e tanto.
Visita de algum parente, ou algum amigo, já era sinonimo de festa ou até mesmo de mais presentes.
Sem contar na tamanha imaginação que nós tínhamos. Os faróis eram comandados por minúsculos anõezinhos que tinham um controle remoto gigante e ficavam lá em cima, olhando tudo /juro que achava isso. Além do Homem do Saco, Bicho Papão, Bruxa Queca (?) etc.


Tudo parecia ser uma eterna brincadeira. Mas não foi bem assim. Agora as coisas mudaram e percebemos que mágico mesmo era ser um criança.

Foto: Eu na festa junina do prézinho, sei lá. :B

sábado, 19 de setembro de 2009

Reclamação

Minha cabeça não para de doer. O tempo passa rápido e a cada minuto aparecem mais coisas a fazer. Estudar. Estudar. Estudar. Não aguento mais ler sobre esse Hitler idiota e muito menos ficar fazendo gráficos. Minha mãe chama. Finalmente uma pausa. Pausa? Agora vou ter que ir lavar a louça. Eu mereço. Depois de meia hora minhas mãos já estão enrrugadas. Será que quando eu tiver meus quarenta e poucos vou ficar assim? Que? Tenho tanta coisa pra fazer e eu aqui pensando besteira. Volto a estudar. Agora aquela vizinha resolveu ficar cantando. E música ruim ainda por cima. Que raiva. Minha vista tá doendo. Essa luz é uma droga. Caramba. Como eu reclamo. Ah, da licença. Vou dormir.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Com carinho

Entrego com todo amor e carinho um enorme cartão vermelho para minha querida professora de Educação Física que insiste em gritar sem parar no nossos ouvidos, falar coisas sem o menor sentido, e claro, dar 50 minutos de exercícios extremamente exaustivos!

terça-feira, 8 de setembro de 2009

A verdadeira beleza

Há quem diga que a aparência não importa. Mas este sabe, que, no fundo, sempre tem uma certa importância. Talvez seja por isso que cada vez mais estamos cuidado mais de nós. E muitas vezes, exageradamente.

Foram esses padrões há bastante tempo estabelecidos que me levou a loucura - literalmente.
Meu cabelo estava que nem palha todos os dias. Minha pele não era bronzeada o bastante. O peso não era ideal. Nada em mim estava bom. E esse pensamento me deprimia a cada dia que passava. ''Por que justo eu havia sido escolhida para ter tanta coisa feia de uma vez só?'', isso não saia da minha cabeça.

Mas isso mudou, quando alguém me iluminou. A mídia é totalmente superficial; para que ficar me matando só para ter aquela barriga tanquinho e um cabelo liso de doer? Posso ser feliz do jeito que eu sou.

Meu cabelo é cacheado, não tenho 45kg, minhas unhas são (pouco) roídas e meus olhos são castanhos. E não é por isso que eu deixo de ter carisma, ser feliz e viver do jeito que eu sou, afinal, beleza interior, para mim tem mais valor.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Top Breguisse

Gente que fala coisas muito pessoais, gente que faz barraco, gente er... normal. Nesse mundo virtual q, sem dúvidas encontramos de tudo. Inclusive: gente brega!
E quem nunca foi brega na vida que atire a primeira pedra. E se você não fez uma das coisas citadas abaixo, realmente, você está de parabéns! hihi.

10. Entrar em comunidades do Orkut como: Deus disse: Desce e arrasa!!!1 , Sou mais eu! , A vida é loka mais eu sou pior e coisas do tipo.

9. Trocar o C pelo X.

8. Colocar Senhorita/Senhorito q no nome do Orkut.

7. Alternar as letras MaIúScULaS e mInúScUlAs, EnTeNde o QuE Eu qUeRo DiZeR?

6. Fazer um e-mail/msn como: lully_gatinha_789_cat@hotmail.com

5. Colocar a frase ''sou q neim bom bril: 1001 utilidades!!!!!!' no seu nick

4. Escrever de uma menaira bem abreviada (ou não): ooiee, tdm cm vc amigaa? qntu tmpu! to morrendu d saudds, tm alguma 9s p/ mi contar?

3. Colocar desenhos da Hello Kitty, de coração, de estrela e de outras coisinhas fofas nos álbuns.

2. Tirar foto de óculos escuro A NOITE e DENTRO DE CASA e tirar foto comendo com a legenda: 'HUMMM, QUE DELÍCIA DE FEIUJADA!!'

1. Escrever XAAAU!! E BjOoOoOoO

Todo mundo já fez isso na vida, aham, e se você ainda faz, e acha suuuper cool, bem, é melhor rever os seus conceitos, hihi.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

O que o tomate foi fazer no banco?

Agora todo dia primeiro do mês vou começar com uma piadinha podre, bjs. \o/

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Obrigada por nos contar!

Tá, vamos admitir que hoje em dia as pessoas colocam tudo na internet. Conta que espirrou, que não vai no banheiro a três dias, até que isso dá para ser suportado, mas outras coisas, não né? Como essa:

Que bom amiga, muito obrigada por contar isso para nós! Só faltou a foto do primeiro absorvente dela, qtal? -n Cada gente louca nesse mundo ._.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Deixe tudo aí

Estamos perdendo muito tempo. Perdendo tempo querendo ser melhores do que todos; querendo ter mais e mais; querendo só dinheiro.

Para que perder tempo se temos o mundo em nossas mãos? Vamos sair e esquecer os problemas e viajar, nem que seja apenas em sonhos. Afinal, para que não sonhar? Acalmar, relaxar e esfriar a alma; não há coisa melhor do que ficar só com você mesmo.

Vamos beber alguma coisa, encontrar as pessoas e esquecer de qualquer coisa. Deixe o orgulho, o ódio, a fúria parar depois. Traga só o amor e a alegria; precisa de mais?

Esqueça o trabalho; esqueça as promessas; esqueça o tempo. Estamos perdendo muito tempo com besteiras, para que se preocupar tanto?

Deixe tudo isso aí, vamos escutar uma música e voltar para o mundo mais tarde.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

E a breguice nunca acaba

Quem disse que só nós, meros mortais, somos os únicos seres bregas e que falamos coisas desnecessárias no twitter deste planeta? Bem, os famosos também são. Quem diria...
Vendo os twitters de alguns famosos, uma coisa que é extremamente útil de se fazer me deparei com isso:

5. @boninho @pisandonabola Suza é uma diva, merece mil perdões

SUZA É DIVA! -.-

4. @angelicaksy ok , vamos fazer campanha; FAMOSOS NO VIDEO GAME!!!!!!!!!!!!!

VAMOS AMIGA! ¬¬

3. @Junior_Lima meu deuuuus!! q versao eh essa da musica dos beatles????? a fazenda...

Pois é, puta mancada com os Beatles, né?

2. @TheoBecker8 To dando uma entrevista muito legal sobre vcs meus amigos e seguidores do Twitter para o Globo barra. bjs e até mais

OPA, vou ver essa entrevista. Será que ele pediu para o cara bater nele? Não.. Acho que ele deve ter apresentado os irmãos dele, é...

1.@xuxameneghel EU FILMEI UMA CENA MUITO PUNK NO TUNEL AQUI NO RIO , OS CARROS VINHAM EM MINHA DIREÇÃO

Tá, eu falo punk, mas quando eu sou irônica, ok? E poxa, muito bom saber que os carros vinham na direção dela, poderia já ter atropelado, qtal?

Afinal, Twitter é pra essas coisas!

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Uma comemoração inútil

Sei que isso não irá agregar nada na nossa vida profissional, ou algo que que ajude a vencer na vida mas eu precisava comemorar isso...

O DADO VENCEU NA FAZENDA! \O/


Ao contrário de muitas (ou não) eu estava torcendo pra ele. Sim. Porque ele não falava mal dos outros e saia abraçando depois. Sabe, ele pode ter aquele jeito beem mimado, brigão e filósofo, mas esse é o jeito dele, ué. Por que as pessoas só ficam criticando o coitado?
E é óbvio que a mãe dele não contrato uma empresa de telemarketing pra ficar ligando e fazer com que o Dado ganhasse. SERÁ QUE DÁ PRA ENTENDER QUE ELE SIMPLESMENTE GANHOU? Ok. Desculpa.
Ele se envolveu em várias brigas e tal, mas ele tentava resolvê-las e não por falsidade, e sim por apenas não ficar brigado, oras.
Mas A Fazenda acabou, o Dado já ganhou e não dá mais pra mudar. E eu estou perdendo meu tempo aqui, falando de um cara que nem ao menos sabe que eu existo e que comemorou um monte pela sua vitória. Não me pergunte porque, já que ele não vai me dar nada de todo aquele prêmio, mimi.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

O diploma que todos precisam

Hoje em dia a gente encontra diploma/certificado /prêmio de tudo. Tem pra quem foi melhor na pescaria; quem come mais hotdogs em 10 minutos; quem tem o cachorro mais ''educado'' (Como seria um? Ele diz obrigado e por favor toda hora? Enfim.), tem essas coisas pra tudo. Mas isso não é o problema.

Numa noite, estava toda a família reunida (lê-se mãe, pai, filha e cachorro) na sala, assistindo Jornal da Record, um programa, muito legal. Notícias de morte, acidentes, corrupção todas essas coisas, até que uma me chama a atenção: Um cara, cheio de fé e amor em Deus, que deu tudo que ele tinha até as roupas, ao invés de receber um milagre, como começar a enxergar (caso fosse cego), sair andando da cadeira de rodas, ganhar no jogo do bicho etc, adivinha o que ele ganhou? *Que rompam (?) os tambores*


UM DIPLOMA COM A ASSINATURA DE JESUS!

Claro, era disso que eu estava precisando para minha vida se tornar muito melhor do que é. Pensando bem, eu acho que vou doar tudo que eu tenho também, e quem sabe eu ganho um também? -N

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Ele

Foi ele quem nunca me deixou vazia. Qualquer angústia, qualquer tristeza, bastava eu lembrar dele que a minha alma se fortalecia.
Ele estava comigo o tempo todo, transmitindo seu calor, sua essência. Ele era tão grande que mal podia suportá-lo. Era forte como pedra, mas dócil como o perfume das rosas -q Nada o destruía.
Sempre foi sincero e fiel; nunca foi capaz de me abandonar um dia se quer.
Ele é eterno. Ele é o amor que eu sempre tive por você.

Mais um textinho de amor ._.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Vontade.

Tenho vontade de mudar as coisas. Mudar o pensamento daqueles que estão se tornando cada vez mais consumistas, mudar nossas vidas. Mudar esse novo mundo.

Tenho vontade de gritar, de avisar a todos que o tempo está acabando e as vezes, pode ser tarde demais.

Tenho vontade de sair por aí, plantando árvores, flores e plantas. Plantar o amor no mundo. -q

Tenho vontade de fugir para longe e esquecer de tudo, de qualquer problema. E ao voltar, resolver tudo.

Não tenho vontade de revolucionar o mundo; tenho vontade, apenas, de fazer a diferença.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

9696700

É desse número esquisito que eu recebo as mensagens mais estúpidas que eu já li.
Todo mundo recebe aquelas mensagens da Tim/Clro/Vivo/Oi/Aeiou (Eu juro que existe!) falando para entrar em chats encontar seu verdadeiro amigo; mandar uma mensagem com a palavra METADE e 'encontre a metade da sua laranja' e essa tolices que ninguém (creio eu) acredite.
Só que deste número, eu não recebo apenas propagandas para comprar um iPhone e ganhar um ano de créditos de grátis! Eu recebo perguntas com algumas opções a escolher.

1. Poodle é a raça de qual animal?
A) Cachorro
B) Gato
C) Peixe

PEIXE! COMASSIM PEIXE, FAUSTÃO? Eu até fiquei entre gato ou cachorro -n, mas quando vi peixe..

2. Coração representa qual sentimento:
A) Amor
B) Orgulho
C) Ódio

Ainda estou para descobrir qual símbolo representaria o orgulho. Alguma sugestão?

3. Qual é o verdadeiro nome do Pelé?
A) Marcelo
B) Édson
C) André

Até que essa foi a mais "difícil", mas para um jogador, ter um nome ''comum'', não é tão comum assim, né? (HAHA, euri -n). Com todo o respeito, lógico. Portanto, já pode-se imaginar, qual dos três seria. Não que Édson seja ''anormal'', mas você me entende. Espero.

Agora, tem como vocês me ajudarem a responder? Por que eu to louca pra agarrar o meu Nokia 628469 mais tecnológico de todos! -NNN

sábado, 15 de agosto de 2009

Sei lá.

Sei lá. Você não é mais a mesma. Não é mais aquela que me liga só para ver como eu estou; aquela que me conta tudo. Alguma coisa mudou, não adianta negar. E eu posso sentir isso.

Parece que daquela amizade que todos admiravam, virou um campo de batalha. Mas eu não quero isso, quero voltar a tudo como era antes. As risadas, as piadas, os abraços, não existe mais nada disso. Pelo menos da sua parte. Já cansei de correr atrás, de tentar mostrar à você que números não são nada de mais; mas você não me escuta.

Sei lá. Não quero que isso termine. Quero que seja eterno, como nós duas prometemos.

Mas talvez, tudo isso seja apenas uma fase. Sei lá.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Cidadezinha Qualquer

Árvores entre indústrias
Fumaças entre pessoas
Fábricas... Dinheiro... Prédios

Um homem vai de repente
Um burro vai lentamente
Um cão vai tristemente
E Deus observa tudo.
Coitado do pobre mundo.

Paráfrase feita a partir do poema de Carlos Drummond de Andrade, hihi.

domingo, 9 de agosto de 2009

O Herói

Você estava dormindo no sofá depois de um dia cansativo e agitado de trabalho. Não sei se você percebeu quando eu cheguei, mas não resisti, sentei-me ao seu lado e lhe abracei.
Lembrei de tudo que nós haviámos passado. As viagens, as vitórias, as broncas, tudo. Foi aí que percebi que você estava comigo sempre; desde o meu primeiro passo, até hoje.

Um homem corajoso, amável e fiel. Não importa o que aconteça, eu sei que você estará lá para me socorrer. E pode ter certeza que quando você precisar eu também te ajudarei, não importa a situação.

Dei-lhe um beijo e saí silenciosamente da sala, com a lembrança do herói que você foi para mim esse tempo todo.

pai
é sempre
paixão
Haicai que fiz numa aula de português, hihi.
Feliz dia dos pais e feliz aniversário para a Sam!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Indispensável

Nunca pensei que se tivesse um blog, muita coisa mudaria em minha vida. Criei sem propósito nenhum, só para saber como era, uma experiência nova, alguma coisa assim.

Posso dizer que melhorei muito, sério: tanto no jeito de escrever, como no jeito de viver. É. Como em aceitar críticas por exemplo. Mas o que mais me surpreendeu ao entrar nesse "novo mundo" foram as amizades.
Devo admitir que nunca pensei em fazer tantos amigos assim. E quando digo amigos, não me refiro à simples colegas-onde-trocamos-alguns-comentários, quero dizer amigos mesmo. Daqueles que a gente ri, confia e toda aquela história toda.

Não estou dizendo isso a boca pra fora, para perder tempo. Estou aqui para agradecer e dizer o quanto cada um deles foram (e ainda são) importantes para mim.
E dizer também que se não fosse eles esse "novo mundo" - que agora nem é tão novo - não seria tão especial quanto é hoje.

Para vocês *-*

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Domigo deprimente

O Brasil está em crise. Claro, além de todas aquelas sobre educação, saúde, política etc. O Brasil está em crise com a televisão brasileira. Principalmente de domingo.

Num tedioso domingo atrás, estava sozinha em casa, sem fazer nada; estava meio gripada e bem cansada. Até que decidi deitar no sofá e me afundar naqueles mil cobertores. Peguei o controle e fui de canal em canal: nenhum seriado bom e muito menos um filme interessante. E sem escolha, fui ver o fim de um jogo e tanã... o Domingão do Faustão! (Progamão irado, né?)

O jogo acabou, o Brasil ganhou e o Faustão começou. Ou melhor dizendo, a minha tortura.
Esperando ver aquelas videocassetadas super engraçadas vi que tinha um quadro novo: Faustolândia! - mais uma babaquice que inventaram.


Cidadãos aparentemente normais, se expõem ao ridículo ao participar de tal quadro. Além das fantasias super bonitas, os nomes eram os mais criativos possíveis. Pena que os meus amigos Thomas Turbando, Jacinto Pinto e Paula Tejando, não estavam lá. (risos ¬¬)
Mas tudo bem, a falta deles foi compensada pelos tombos, escorregões e toda aquela coisa útil.

Então quer uma dica do que fazer num domingo totalmente vazio? Assista o Domingão do Faustão, que você vai rir de tanta ridicularidade!

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Estive Pensando

Esses dias estive pensando muito; na vida mesmo. Pensando em como posso aproveitar melhor cada minuto da minha vida; afinal de minutos que se formam as horas, de horas que se formam dias e assim vai essa coisa toda.

Estive pensando o quanto é ruim perder tempo. Esperar o ônibus sem fazer nada, por exemplo, é uma perda de tempo; uma espera nada agradável, cá entre nós.

Pensei também, numa dessas horas em que perdia, por que estamos vivos (O que uma falta do que fazer faz com a gente). Por que nascemos, estudamos até não poder mais, trabalhamos igual a condenados, casamos, nos reproduzimos e morremos. Fim. Que ciclo mais esquisito, não?

Esses dias estive pensando muito. Pensando que se cada vez mais eu não parar de pensar em como posso aproveitar mais o tempo em minha vida, aí sim eu estaria contradizendo o que eu havia dito no começo.

domingo, 2 de agosto de 2009

Um dia, a Ana Maria Braga chegou para a Hebe Camargo e disse: ''Caramba Hebe, mas você é muito perua!''

Qual é o nome do filme?

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Busco a razão

Hoje eu percebi que a vida não é só sorrisos. A vida não é só sair com seus amigos, ficar em casa com a família ou até mesmo algumas frases prontas e clichês, como as que eu estou fazendo agora.
Viver é mais do que cantar, gritar de raiva, amar e chorar. Viver é mais do que alguns "simples" sentimentos.

Talvez eu tenha demorado um pouco para perceber que eu tenho obrigações; que eu tenho uma missão a cumprir aqui. Essa é a razão da vida. Não levar tudo como se fosse qualquer brincadeira, mas também não levar tudo a sério.

Viver é, sem dúvidas, uma aventura constante. É uma busca. Viva para um ideal, para buscar uma alegria, para buscar um amor. Não vive só por viver. Viva para saber por quê.

Agora, porque estou falando esse monte de bobagens? Também não entendo muito bem. Até agora estou tentando descobrir. Afinal essa é a razão da vida. Não é?

Meio depressivo, né?

terça-feira, 28 de julho de 2009

That 70's Girl!

Ela é magra, tem um corpo invejado por muitos, é ruiva de cabelo bom, tem senso de humor, é esperta, inteligente e como se não bastasse é forte e corajosa. Ela vive na melhor época onde todos só estão preocupados em sair, beber e se divertir; onde a paz e o amor são tudo.
Seus amigos podem até ser meio bobões, mas sem dúvidas a faz rir e estão sempre prontos para ajudá-la independente da situação. Estão sempre juntos, se reunindo no porão de Erin, seu namorado (E ela tem namorado!), onde qualquer coisa pode acontecer.

Ela é bonita, inteligente, é amiga do Michael Kelso, ou melhor dizendo: do Ashton Kutcher e ainda por cima vive nos anos 70. Tenho que explicar mais por que eu escolheria ser Donna Pinciotti?

Desculpa repetir o assunto é que da outra vez, eu fiz errado para o Tudo de Blog ._.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Irmãs?

Nós brigamos o tempo inteiro. Qualquer bobagem já é motivo para discussão.
Ela não quer me emprestar sua blusa; eu não vou dar o meu gloss novinho a ela.
Por que ela quer tanto que eu passeie com o cachorro sendo que ela não está fazendo nada? Só assistindo mais um capítulo daquela novela sem graça.
Carambra ela não sai do meu quarto. Tudo bem, agora é que eu não vou sair do dela.
Ela tem tanta roupa e mesmo assim não me empresta nenhuma? Que horror.

Juro que não sei como eu (ainda) consigo viver com ela. Por incrível que pareça, nós não somos aquelas irmãs adoslecentes brigando para mudar a estação de rádio; somos mãe e filha. E por mais que não pareça também, a gente se ama. E muito.

domingo, 26 de julho de 2009

Desejo de fofura

Se pudesse escolher viveria numa floresta. Não necessariamente mágica, apenas com árvores, bichos, insetos, flores e colméias, principalmente colméias.
Minha vida seria bem tranquila: teria os melhores amigos e viveria as melhores aventuras.
Ficaria longe de problemas e não pensaria em nada que fosse me tirar do sossego. Não perderia meu tempo me preocupando com meu peso por tanto mel que eu viveria comendo, muito menos em comprar um blusa de uma outra cor. A minha única preocupação seria apenas em estar com meus amigos.
Seria o urso mais fofo de todos; o urso mais amado. Se pudesse escolher, seria, sem a menor dúvida, o fofo urso Pooh.

sábado, 25 de julho de 2009

Quem é Jason?

Não sei se você perceberam, mas ultimamente eu ando bem revoltada, não é? Pois é. E a única coisa que me resta fazer é desabafar aqui pra vocês, hihi.

Hoje, nesse meu sábado tedioso, estava vendo uns blogs-amigos (Que expressão mais brega) por aí. Até que eu fui no O Fantástico Fusca Verde, que tá tendo um tal de Fusca Fight, que é uma competição entre cantores e bandas, se quiser saber mais é só dar uma olhada lá. Até aí tudo bem. Até eu começar a ler os comentários para saber quem estava ganhado (Sim, eu contei os votos): o Jason ou a Katy. E adivinha quem estava ganhando? Tanãã: A Katy, é óbvio. Mas o problema não é esse; tá pode até ser, mas na verdade o problema é que lendo cada um daqueles comentários as pessoas perguntavam e falavam: Quem é esse Jason?; AFF, ele só fez sucesso por causa da novela; Todo mundo só conhece uma música dele...

AAAAAAAAHHHHHHH!

Juro que fiquei muito brava. Isso, brava por alguém que nem me conhece. Mas ele é o Jason, gente. JASON MRAZ. As músicas dele são muito boas e são mesmo. E não é só porque ele eliminou a Colbie que ele deixa de ser bom ¬¬
Ele já ganhou vários Grammys e além disso é uma boa pessoa (Tá eu não conheço ele pra falar isso, mas parece). Pra quem não sabe, o primeiro sucesso de Jason não foi I'm Yours, foi a música The Remedy, que está no primeiro álbum dele Waiting For My Rocket To Come. Ele nasceu no dia 23 de junho de 1977, já foi casado com a Sheridan Edley Mraz (Não me pergunte quem foi) e atualmente está solteiro EBA! Eu tenho chances!, mas dizem que ele está namorando com uma mulher que eu não me lembro o nome. Enfim, se quiser saber mais coisa o Google está aí :)

Vocês devem pensar que realmente, eu sou uma idiota e que não tenho motivos para ficar revoltada. Tá, mas eu sei os meus motivos. Eles podiam se informar pelo menos para saber quem ele é. Mas isso não vai mudar nada, então eu vou continuar aqui, escutando as boas músicas dele, e deixar que essa revolta passe. E se vocês não conhecem o Jason, tudo bem, eu perdoo vocês.


quinta-feira, 23 de julho de 2009

Segunda Família

Sei que não estava aqui no dia do amigo, mas mesmo assim vou fazer a minha homenagem atrasada.

Hoje em dia a gente comemora tudo, né? Dia dos pais, dias das mães, dias do índio, da avó, dia de tudo. É óbvio que no meio de tantos dias, tinha que ter o dia do amigo. Afinal, amigo que é amigo está conosco para tudo. Ele nos aguenta nos nossos momento de raiva; ele ri das nossas piadas sem graça; ele nos ajuda desde uma escolha de roupa até para estudar; ele é verdadeiro. O amigo se emociona ao ver uma homenagem a ele, mesmo sendo clichê como essa. O amigo nos ama.

A gente pode ter vontade de espancar aquele cara quando ele faz alguma coisa errada, quando ele esquece de alguma coisa importante, mas logo depois se lembra de que se ele não estiver aqui, você não será nada. Caso ele não estiver ao seu lado, você vai ser uma simples pessoa que não tem carinho quando precisa, que não tem sorrisos quando se está triste, que não tem cuidado quando se está em perigo. É uma pessoa incompleta.

É por isso que eu cuido da minha segunda família como se fosse um tesouro. Porque sem eles eu não seria metade do que eu sou.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Revolta Ecológica

Isso pode parecer falso, ou até mesmo mentira (É a mesma coisa né?), mas não é: eu me preocupo muito com o meio ambiente, de verdade. É por isso que eu reciclo os materiais, não desperdiço alimentos, não gasto energia à toa e assim vai. Pena que não são todos que têm essa mesma vontade de melhorar o planeta.

Pois é, ontem à noite eu e os meus pais passamos no super mercado pra comprar algumas coisas, nada de mais. Depois de um bom tempo, finalmente, fomos ao caixa. Ajudei a tirar e a por as compras no carrinho, enquanto o moço as colocava nos saquinhos, já que sou uma boa moça e mentira.
É claro que você deve estar pensando que se eu realmente me preocupasse com o meio ambiente eu usaria as tais ecobags. Isso é verdade, e eu tenho uma desculpa (verdadeira, é óbvio) para isso: Meus pais deixaram e sempre deixam em casa.
Mas voltando ao caixa do super mercado, o que realmente me revoltou foi o moço que colocava as compras nas sacolas (Até hoje eu não descobri o nome dessa profissão, mas enfim). Sim, foi ele. O tal moço colocava dentro de UMA sacola só uma caixinha disso que agora eu esqueci o nome ; sem contar as trinta sacolas que ele colocava uma da outra só para colocar duas garrafas de refrigerante. Era um desperdício total.

Será que essas pessoas só pensam em onde vão colocar o lixo de casa? Porque pra querer tanta sacolinha só pode ser isso, né? Ás vezes me pergunto (Nossa, que coisa mais poética), se elas se preocupam com as próximas gerações que virão a morar aqui. Isso se o mundo não acabar antes, com tanta falta de cuidado.

Eu JURO que vou responder todos os comentários assim que eu voltar :D

terça-feira, 14 de julho de 2009

Paris Hilton's My New BFF

Como toda segunda à noite, eu estava em casa, assistindo MTV. Até aí tudo bem, quer dizer, até o Furo MTV acabar e começar Paris Hilton's My New BFF. Já que as gêmeas Ikki, acabaram, então só me resta assistir esse programa. Não deve ser tão ruim.


Pena que eu estava bem enganada. Primeiro que ela, a linda e absoluta Paris, se apresenta bem assim: ''Sou herdeira, atriz, cantora, milionária...''
ATRIZ? CANTORA? COMO ASSIM? Então me desculpem, porque se ela é uma (boa) cantora eu posso ser a rainha do pop, não? -n

Eu fiquei impressionada como o jeito dela agir. Ela começou a descrever os participantes estúpidos - porque para querer ser amigo da Paris tem que ser um idiota mesmo - como se ela fosse a melhor de todas. Coitada, porque ela não é. E eu tenho bons motivos:

1. Ela não repete roupa. Que coisa mais ridícula! Enquanto tem gente sem dinheiro, passando fome, ela gasta dinheiro comprando roupa para usar UMA vez e depois joga fora.
2. Ela só sabe ir à festas, ficar bêbada e sei lá mais o que.
3. Ela se auto denomina CANTORA e ATRIZ. Eu sei que ela já gravou um CD, mas sei lá né.
4. Ela é tão legal que precisa fazer um programa para conseguir ter uma melhor amiga.
5. Ela disse que para ser a melhor amiga dela tem que ser que nem um CACHORRINHO. COMO ASSIM? Compra um escravo então sua tonta.

Enfim, eu me revoltei com a vontade daqueles seres querendo e fazendo de tudo para deixar a Paris satisfeita e feliz.
E por favor, pelo amor que você têm a sua vida, não gaste seusprecioso tempo vendo.esse programa. Agora, se você ama a Paris e faria de tudo por ela - até ser a sua BFF - me desculpe, a minha opinião, é insiguinificante. Ai meu Deus, onde esse mundo vai parar?

domingo, 12 de julho de 2009

A missão continua

Em meus treze anos de vida, nunca viajei para a Europa, Índia, ou para qualquer outro lugar do mundo... só para os Estados Unidos, mesmo assim, não me lembro de nada. Maaas, eu fiz uma viagem na qual tenho certeza que seria melhor do que qualquer outra: para o Vale do Ribeira; um lugar pobre, com famílias grandes e péssimas condições financeiras, mas cheio de lições de vida preciosas.

Acordar cedo em plenas férias; ficar cinco dias sem comer carne; pegar uma estrada toda esburacada todas as manhãs... todo esse esforço foi recompensado pela alegria das crianças que brincávamos.

Não sei quais palavras usar para descrever tamanha emoção que foi a viagem. Nunca recebi tanto carinho em tão pouco tempo. Cada bilhete, cada cartinha, guardo como se fosse um tesouro, sério.
Ao sair da escola com milhões de beijos e abraços, é uma sensação que não dá para explicar, é algo único. O jeito pelo qual me apeguei as crianças foi inacreditável.
Cuidava delas como se fossem meus irmãos, só queria vê-los felizes, afinal, essa era a minha missão.
Alan, meu bebê *-*

Cinco dias cheios de brincadeiras, sorrisos, conversas e principalmente amor, passaram rápido e o pior momento de todos havia chegado: a despedida. Mais beijos, mais abraços, mais cartas e muito, muito choro.
Saímos de lá cheio de tristeza e com uma saudade e tanto, por ter que deixar nossos ''irmãozinhos''. Mas saímos de lá como uma gratidão enorme pela lição que cada uma daquelas crianças nos ensinou e pela alegria que elas nos proporcionaram.

A galerinha lá no Batatal, onde é a escola em que visitávamos :B

Podemos não estar mais lá com elas agora, mas a missão continua.

Créditos para o início do post: Ana Clara F :B

quinta-feira, 9 de julho de 2009

O amor eterno

Isabelle não aguentava mais escutar as ordens daquela "coroa de meia idade". Quem ela pensava que era para ficar gritando, fazendo o maior escândalo e ainda por cima atrapalhar sua vida?
Queria fugir dali o mais rápido possível. Não ia aguentar morar com a sua mãe até completar seus tão esperados 18 anos de idade. Exatamente, Isabelle repetia todos os dias que não amava mais sua mãe.

Passaram-se meses e as brigas, os gritos, os chiliques eram cada vez mais frequentes. Ninguém aguentava mais. Foi então, naquela noite, que Isabelle decidiu fugir. Pegou uma mala pequena, jogou algumas roupas, pegou o resto da sua mesada, um livro, seu celular e se foi, sem deixar nenhum aviso. Queria que sua mãe sofresse mesmo.

Começou sua "jornada" toda alegre, pensando como seria bom ficar longe do mundo, longe de qualquer problema (Lê-se sua mãe). Nunca esteve tão empolgada nos últimos meses,
Na primeira semana, ela ainda estava bem animada, encontrando os amigos e conhecendo novas pessoas.
Na segunda, um pouco cansada.
Na terceira, foi roubada por dois meninos menores que ela.
E na quarta já estava desesperada.

Não aguentava mais ver pessoas em quem achava que podia confiar, se aproveitando dela, sem nenhuma misericórdia. Talvez ela nunca desejasse tanto estar em casa novamente. Então, decidiu voltar.
Com o pouco de dinheiro que sobrara pegou um ônibus e depois saiu a procura do caminho que a levaria até a sua casa. Depois de muito andar, reconheceu os prédio velhos e mal pintados, a padaria e até mesmo aquela vendinha que costumava ir com a sua mãe comprar doces. Abriu um sorriso, mas logo uma lágrima caiu ao lembrar de tudo que havia feito à sua mãe. Como pode ter sido tão cruel?

Estava em frente a sua casa, mas faltava muita coragem para entrar. Deixou o orgulho, o medo e qualquer outra coisa de lado e entrou. Foi correndo em direção a sala. Lá estava sua mãe, pronta para um abraço e a dizer a frase que mais precisava:
- Eu te amo minha filha, não importa o que aconteça.

Então Isabelle percebeu que ninguém, ninguém mesmo poderia substituir ou quem sabe destruir com o amor que a sua mãe tinha. E ela seria eternamente grata a isso.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

5 livros para ler nessas férias - nerd.

Férias chegou, todo mundo feliz, sem fazer nada... Sempre a mesma coisa.
E como eu sou uma menina bem desocupada e sem ideia nenhuma sobre o que escrever no meu blog querido, eu resolvi falar sobre alguns livros que eu li e recomendo pra todo mundo, ÊÊÊ \O/ E se essa crise de falta de inspiração vier novamente, eu vou fazer o mesmo, só que com outras coisas, bem legal, né? Não.

1. Férias - Marian Keyes
Ganhei esse livro de aniversário e sinceramente? É o meu favorito. Foi o primeiro livro que eu li da Marian Keyes e me apaixonei.
A história é de Rachel Walsh, uma toxicomana que vai à uma clínica de reabilitação, o Claustro. No começo ela não gosta da ideia, mas após se imaginar dentro daquelas banheiras de hidromassagem, pensa que pode ser uma coisa boa. Chegando lá encontra todos os tipos de pessoas, e qualquer coisa a faz lembra de seu ex-namorado Luke Costello. Mas para tentar esquecê-lo, Rachel se aproxima de Chris, um rapaz que na verdade, não aparenta ser o que realmente é. É no meio desse romance todo que ela consegue se transformar numa Rachel totalmente diferente.


2. O Incrível Livro de Hipnotismo de Molly Moon - Georgia Byng
Molly mora no orfanato Lar Vidadura, que só pelo nome já dá para perceber que lá as coisas não são fáceis. A única pessoa que a faz alegre é seu melhor amigo Rocky. Mas após uma briga entre os dois, ele é adotado por uma família americana e vai morar numa cidade bem longe dali e Molly não faz ideia como faz para encontrá-lo.
Após ir na biblioteca de sua cidade, encontra um livro de hipnotismo que pode ajudá-la a encontrar seu melhor amigo e até mesmo colocá-la numa aventura e tanto.


3. Segredos da Escola - Louis Sachar
Já li duas vezes, poxa.
Laura é uma menina que cumpre a promessa de nunca mentir, mas verá como é difícil guardar segredos assim. Após comprar um boné num brechó, decide criar um clube secreto: Cidade dos Porcos. Para garantir que os integrantes não revelarão, cada um deles terá de colocar um segredo constrangedor dentro dentro de uma caixa. Porém, os problemas começam quando Gabriel, um colega de classe, manda um bilhete à ela, dizendo que sabe tudo sobre o clube, o que é mentira. Mas ele não imaginava que Sheila modificasse tudo o que ele havia escrito. É aí, que após esse mal entendido surge a Cidade dos Macacos.


4. Melancia - Marian Keyes
Clarie Walsh, da mesma família de Rachel *-*, está gravida parecendo uma melancia. Já no hospital, no dia do nascimento de sua filha, Clarie recebe a notícia de que seu marido, James, tem um caso com outra mulher há meses. Desesperada, Clarie volta depressiva para casa de seus pais e, com dificuldade, tentar recomeçar a sua vida. Depois de dias sem tomar banho, ela repensa e começa a melhorar. Nesse momento, James reaparece dizendo que quem ele sempre amou foi ela. Mas ele não sabe que Claire tem uma surpresa.


5. A Lenda do Violeiro Invejoso - Fábio Sombra
Li em 2007 e amei de verdade. Pena que eu não lembro de nada ._.








E são esses livros que na minha opinião, são ótimos. Espero que tenha ajudado a tirar um pouco o tédio, porque pra mim até que funcionou :)

domingo, 5 de julho de 2009

Amor de irmã não tem fim

No começo, a gente não se desgrudava, sabe? Saíamos todo fim de semana; nos telefonávamos todo dia, mesmo tendo acabado de se ver no colégio. Ela sabia todos os meus segredos e eu sabia todos os segredos dela. Éramos e ainda somos que nem irmãs.
Nunca ninguém viu a gente brigar e muito menos já escutou uma falando mal da outra. Com a gente era assim: não escondia nada, falava na cara mesmo! Modéstia a parte, nossa amizade era de se invejar. E foi o que várias pessoas fizeram, inventaram boatos, fizeram de tudo para nos separar, mas nada deu certo. Ainda bem.

Mas durante toda essa convivência, devo admitir que certa horas eu me irritava bastante. Nós tínhamos outras amigas, não vivíamos no ''nosso mundo''. Então pra que essa irritação? Algumas manias, alguns defeitos; o que todo mundo tem. Admito que já desejei estar longe de lá, só para não falar besteira. Eram cinco minutos de stress e logo passavam. Passavam só de eu lembrar que amiga como a que eu tenho, talvez nem na outra vida eu encontraria; passavam só de eu imaginar se alguma outra amiga, colega, seja que for, faria o que ela faz por mim.

Toda aquela irritação passava só por ela me dar um abraço e dizer que eu sou a melhor amiga dela.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

COME BACK MICHAEL!

Provavelmente você já dever ter lido isso em 9172091 blogs. Mas tudo bem, você vai ler de novo. E se for comentar (mesmo que não tenha lido) não comente 'Nossa, fiquei triste com isso, beijos' E de graças a Deus que não existe mais Balanço Geral porque se não você ia ficar assistindo duarnte um mês essa história, mas enfim.

COMO ASSIM O MICHAEL JACKSON MORREU?

Eu não consigo acreditar. Só porque ele estava voltando, começando a fazer 56350 shows e ele resolve morrer, sem nem dar um aviso, um tchauzinho e nem um obrigado em português ao Brasil -n. E como vai ficar o dinheiro de todas aquelas pessoas que compraram o ingresso? Espero que elas sejam reembolsadas, porque... UAHESUHE, BRIMKS!
Michael Jackson definitivamente é o rei. Independente do que ele fez ou não e você sabe bem do que eu estou falando, vai ser difícil encontrar alguém que se torne um sucesso como ele foi.
Se ele nasceu negro e morreu branco, se ele perguntou onde estava o menino Jesus na porta do Céu, se ele tinha um nariz feio, se ele só usava máscaras, tanto faz, o que importa é que ele vai deixar uma marca que nunca vai morrer. Uma marca que irá de geração a geração.

Ele revolucionou a história dos videoclipes, ele foi o que mais vendeu CDs, ele foi definitivamente o melhor. E nunca ninguém o esquecerá. Afinal, ele é o rei, para sempre.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Rent a Friend

É um feriado como outro qualquer e você quer aproveitar. Liga para todos os seus amigos, mas um terço foi viajar. Alguns vão sair com a família, outros estão doentes e o restante simplismente querem ficar dormindo em casa. Você entra em pane afinal não quer perder mais de dois dias de folga à toa comendo pipoca e assistindo Seção da Tarde sozinho. Mas isso, ultimamente não é mais problema para quem pode alugar um amigo. Tendo uma (boa) quantia em dinheiro, você está pronto para alugar um amigo e ganhar o dia, feriado, seja o tempo que for!

Mas amizade é mais do que sair com pessoas que você acabou de contratar e ir ao cinema com pessoas que você nem sequer já viu na vida!

Amigo que é amigo, não está interessado nos 150 reais que você vai pagar depois de um passeio que para ele só foi mais um trabalho e sim naquele abraço que bons amigos sempre dão. E o melhor de tudo é que ele não cobra nada.

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Quem canta seus males espanta

Aquele poderia ter sido o pior de todos os dias da minha vida, definitivamente. Mas não foi. Não foi porque mesmo que eu tenha esperado mais de meia hora aquele ônibus lotado, e estando com a maior dor de cabeça em plena seis horas da manhã, ao chegar no colégio, recebi aquele abraço que eu tanto sentia falta.
Nada mais estraga o meu dia depois de ficar mais de cinco horas ao lado daqueles que só com uma careta, ou um trocadilho bobo já consegue tirar uma risada, que estava difícil para sair de mim.
Um chocolate, um bom livro, uma ligação inesperada de alguém que 'só ligou para desejar boa noite', uma longa conversa com os velhos amigos, tudo isso já melhora muito aquele dia que seria horrível. Mas nada como poder escutar no último volume suas músicas favoritas e cantar cada uma delas como se estivesse num show para milhões de pessoas, sem ninguém atrapalhar e nem criticar você, dizendo o quão é desafinada. Sendo desafinada ou não, eu mesma salvo o meu dia assim, cantando só pra mim.

Por favor, não me imagine fazendo isso, UAHEUSHAEU.

domingo, 14 de junho de 2009

A gulosa chegou!

Devo admitir que sou uma gulosa nata. Não posso ver um saco de balas que já pego umas dez e saio comendo uma atrás da outra. Todo fim de semana minha mãe já se acostumou comigo implorando para nós irmos até a padaria e comprar aquela torta magnífica de creme com canela. Coitada de mim se eu fosse o que eu como.

Não tenho frescuras e muito menos uma cabeça lotada de dietas malucas que só fazem eu gastar todo o meu tempo deixando de fazer o que eu mas gosto: comer. Apesar dessa minha fome toda, não sou nenhuma pirada que come qualquer coisa mesmo que não esteja com vontade. Pode até acontecer de eu ter acabado de comer um mousse delicioso de chocolate e depois ver que a minha mãe tinha comprado aquela torta e roubar um pedacinho. Mas isso é raro, eu juro.

Já que o meu corpo, infelizmente, não consegue se sustentar apenas com calorias, gorduras e açúcares, é claro que eu não me esqueço daquela salada toda enfeitada com tomate, cenoura, palmito, alface e todas essas outras coisas, que além de saudáveis, são gostosas. E quando chocolate "como num passe de mágica" acabasse todo, eu posso comer uma melancia inteira, se deixar. A melancia acabou? Tudo bem, ainda tem aqueles tomates que sobraram pra eu comer com um pouco de sal.

Haja insistência dos meus pais para conseguirem me tirar da academia depois.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Cabelo também tem sentimento -q

Durante toda minha vida (falando assim até parece que é muito), passando por muitos problemas, enfrentando vários obstáculos e dificuldades nessa vida -n "adquiri" cinco revoltas, são elas:
.
1. A falta da mesada
2. A minha professora de Português
3. Pessoas que conseguem ser falsas na maior cara de pau
4. Ser ignorada pro famosos no Twitter
5. A super valorização ao cabelo liso
.
Sim, a revolta número cinco é a que me deixa mais irritada. Cabelos lisos são lindos, sim e isso não dá pra negar. Eles são macios, brilhosos, fáceis de pentear (na maiorida das vezes), enfim. Cabelo liso é uma facilidade e tanto para a vida difícil de todas as mulheres desse mundo.
Isso foi o que as revistas de modas nos dizem a cada edição. E ao ver cada foto, de modelos lançando seus fios lisérrimosao vento e ao ler cada frase do tipo: ''Para ter um cabelo, lindo, sedoso, comprido, maravilhoso, ou seja, um cabelo LISO (...)'', eu tenho vontade de queimar todas as edições daquela revista e principalmente quem segue tais dicas.
.
Tudo isso por inveja? Não. Nunca. Afinal, eu amo o meu cabelo -n e é por isso que eu e todas as meninas desse planeta que têm cabelos cacheados, enrolados, crespos, whatever querem se sentir valorizadas e saberem que nasceram com um cabelo PERFEITO assim como todos os cabelos lisos desse universo.
.
Meninas que gastam bolos de dinheiro com escovas progressivas, definitivas e não sei mais o que, não sabem o que estão fazendo. Os cachos, também têm os seu charme, a sua atitude -q é por isso que eu me revolto com a mídia ao desprezar todos os outros tipos de cabelos existentes desse mundo.
.
Seja o cabelo liso, cacheado, não importa a funcking forma que o seu cabelo tiver, valorize-o, garanto que ele deve se sentir extremamente triste ao seu alisado, ou enrolado, eternamente e nunca mais poder se mostrar ao mundo como ele realmente é.

domingo, 7 de junho de 2009

Espera Joe, espera

Joe saía toda noite a procura de uma companhia. Queria um amor.
Não gostava de dia; achava que as pessoas mais chatas e frescurentas estavam a solta nesse período. Não queria ninguém com gritinhos de estourar o seu tímpano por perto, só queria paz dentro de seu quartinho com uma cama pequena, um radinho e o seu livro favorito: 'Quem mexeu no meu queijo?'. Mas esse alguém estava demorando para chegar, então Joe decidiu procurar (Que rima emocionante).

Deprimido e cansado já estava a beira da depressão por não ter encontrado nada, quando estava folheando o seu livro amigo pela milésima vez e lendo trechos já decorados, reergueu-se, levantou seu corpo mole e saiu decidido: encontraria seu amor naquela noite. Colocou sua melhor gravata amarela e foi para o restaurante mais chique da cidade e ficou lá nos fundos em meio de outros seres desesperados por uma companhia.
O relógio já marcava meia noite, a lua estava toda sorridente, exibindo seu brilho para todos e Joe ainda estava lá vendo todos encontrando sua cara metade e ele ali, sozinho, de mãos abanando. Tinha três. Tinha dois. Tinha um. Não tinha mais nenhum. Só Joe havia restado. Apoiou na parede, abaixou a cabeça e quando a primeira lágrima caiu no chão, um cheiro que lhe agradou muito o chamou a atenção. Secou as lágrimas e após os últimos suspiros, abriu os olhos e viu à sua frente o que mais esperava: uma fatia de queijo com o triplo do seu tamanho e ainda melhor, estava nas mãos de uma ratinha com seus bigodes perfumados e um laço rosado na cabeça.
- Quer dividir um pedaço comigo?, ela perguntou desajeitada.
Valeu a pena Joe ter esperado tanto tempo.

sábado, 6 de junho de 2009

E aí, vem sempre aqui?

Hoje em dia está cada vez mais difícil encontrar meninos que tenham uma boa capacidade de dar uma cantada digna de atenção, digamos assim.
Criatividade e bom humor é o que não falta. É só andar na rua que você já recebe várias buzinadas de caminhões, alguns beijinhos mandados pelo ar junto com piscadinhas e até mesmo aqueles suspiros alheios. Fico impressionada com o "talento" de alguns de olhar um único detalhe em nós e já soltar uma ''clássica''. Não adianta fugir porque eles estão em todos os lugares mesmo. Me pergunto em qual site, em qual livro, em qual bendito lugar em que eles encontram essas frases prontas.

Sinceramente? Cantada perfeita, não tem. Pode ser engraçada, aquela que todo mundo fala ou uma inédita, pode até ser uma interessante... Nada substitui uma boa conversa, um olhar verdadeiro, um sorriso sincero e um abraço cheio de carinho. Mas enquanto eles não conseguem fazer isso, eles tentam nos conquistar de uma forma diferente e mais prática. E a gente, tem que aguentar e ter muita paciência para ouvir essas cantadas quase todo o tempo.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Procura-se,

um namorado que seja bom em piadas, que tenha paciência nos meus momentos sensíveis, que seja sincero na hora de dar a sua opinião sobre minha roupa nova, que me ajude nos trabalhos de física, que seja romântico, que seja fiel, que tenha uma ótima saúde para ficar comigo por muito tempo. E claro, que ame Jason Mraz assim como eu.

terça-feira, 2 de junho de 2009

Daqui para frente

As palavras me somem na hora de descrever uma sensação tão boa. Na hora de demonstrar quando estou no auge da minha felicidade, digamos assim. Antes eram raros momentos assim, mas agora, eu sei isso vai mudar.
O sorriso não sai do meu rosto, o amor sempre no meu peito, sinto que a felicidade veio para ficar e nunca mais me larguar. Quero ficar junto a ela sempre e sempre só para poder ter essa sensação o resto da minha vida.
Poder dividir risadas, carinho, sinceridade com meus amigos e principalmente com a minha família é o que quero fazer o resto da minha vida. Sem preocupações alguma.
Cantar na frente de todos, comprimentar as pessoas na rua, fazer um corte de cabelo diferente, escrever um livro, compor uma música, encontrar um novo amor, continuar com as mais lindas amizades, quero mudar, me sentir melhor. Quero ser feliz. É isso que eu quero para mim daqui para frente.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Um tanto consumista

Se como num milagre aparecessem 1 milhão de reais na minha humilde poupança que meus pais estão fazendo com muito suor para o meu futuro, nem pensaria duas vezes para tirar todo aquele dinheiro de lá. Faria tudo que eu planejei em fazer na minha vida inteira em menos de um mês. Uma coisa um tanto consumista mas eu não poderia deixar aquele dinheiro todo mofando, não é?

Viajaria para o mundo inteiro, se alguém me perguntasse sobre qualquer país desse planeta eu saberia dizer alguma coisa e ainda mostraria uma fotografia minha de lá.
Sairia em busca de roupas. Faria a maior reforma no meu guarda-roupa em toda a minha vida. Compraria as mais diferentes calças, escolheria todos os tipos de blusa e claro, os sapatos! Teria tantos sapatos, que eu nem precisaria mais pedir algum emprestado à minha mãe.
Seria uma menina totalmente realizada. E depois de já ter feito tudo o que eu queria fazer, eu posso ainda comprar a casa de praia tão esperada pela minha mãe e ir com a família inteira e ter a coisa mais preciosa que o dinheiro não pode comprar: o amor.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Prefiro economizar

Gente famosa é cheia de inventar coisa. Adora ver as pessoas nas ruas copiandos-as, fazendo de tudo para ser ele próprio. Outros sentem a necessidade de aparecer nas capas de revistas de fofocas pelos maiores escândalos. E alguns, gostam de se leiloar. Isso mesmo. Seja um cinto, uma blusa, uma cueca, e até mesmo um beijo. Independentemente do motivo daquela leiloação toda, para onde o dinheiro será encaminhado, milhões de fãs neuróticas pagam muuuitos doláres só para conseguir dar um beijo naquela bochecha que não tem nada de especial. Sinceramente? Não tiraria um precioso real do meu bolso para dar um beijo num vampiro que não tem muito o hábito de limpeza. Afinal, eu só seria mais uma fã que ele nem se quer lembraria o nome que pagou mais de 20 mil doláres para ajudá-lo numa campanha contra a Aids. E claro, poderia estar investindo todo esse dinheiro no meu futuro ao invés disso, não?

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Presente pra titia

Laura nunca foi uma menina muito sortuda com essas coisas de amor. Quando gostava de um menino, ou ela não era correspondida, ou ele já era comprometido, ou ele nem sabia de sua existência. Ou seja, todos era completamente impossíveis.
Laura já tinha patias possíveis, mas nenhuma deu resultado. Desistiu. Estava cansada de perder o seu tempo corfeito de tudo, todas as simrendo atrás de amores que no fim nunca dariam certo.

Até que uma vez, como num milagre, ela encontrou alguém. Alguém que ela julgou ser para sempre desde o inicio. Não ligava para o que os outros diziam, não ligava para mais nada a não ser o seu amor. Não conseguia pensar no mundo que tinha lá fora, afinal ela estava namorando! O que ela mais queria finalmente aconteceu. Aproveitou cada momento, não desperdiçou nada. Mas em quase dois meses de namoro, alguma coisa estava errada e Laura percebeu isso. Tentou fazer de tudo para que aquela felicidade, aquele amor não terminasse, mas nada adiantou. Terminaram e Laura quase se matou - Para ver o desespero da garota.
Mas ela teve de encarar a verdade e se sentiu obrigada a voltar naquela rotina de uma típica solteirona: Todos os sábados, sentada no seu sofá, com um pote enorme de pipoca com cobertura de chocolate, assistindo filme românticos fazendo com que ela chorasse dramaticamente cada vez mais só de lembrar que nasceu para ficar com a titia.

Não, isso não é autobiográfico, ainda bem :)

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Beijo do Gordo :*

Segunda passada, no dia do aniversário do meu pai, perdi as minhas três últimas aulas junto com a minha amiga para ir ao tanãã: Programa do !
Pois é, estávamos todos animados, afinal, iríamos aparecer na Globo, conhecer o Gordo, ver gente famosa sendo entrevistada, essas coisas todas. Pena que não foi bem assim.

Chegamos lá na Globo quase 13 horas. Entregaram pra gente uma barrinha de cereal e um chocolate - Amém, porque eu estava morta de fome!
Depois de entrarmos na recepção e escutar todos aqueles pedidos como: ''Aplaudam muito", "Não esqueçam de rir bastante" e um absurdo "Não é permitido comer dentro do auditório (Ou sei lá qual é o nome do lugar)". Depois de alguns minutos de espera, entramos e tivemos que fingir que conhecíamos uma banda e cantar com elas mais de quatro vezes um refrão esplêndido: ''Thank you very much, merci beaucoup, bye bye and fuck you ♪"

Quando já tínhamos quase decorado a música inteira, tivemos que ir à plateia. Depois de DUAS horas, o Gordo entra. Aleluia! Todo mundo empolgado, morto de cansaço e rezando para que alguém famoso e pelo menos engraçado seja entrevistado. Mas na verdade, não tinha ninguém interessante, só um deputado aí, mas não era tão interessante assim.

Quatro horas depois as gravações acabaram. Ainda bem, vou poder comer, ficar em pé e poder tirar uma foto com o ! Que nada. Aquele Gordo, com todo o respeito é claro, saiu sem dar autógrafo nenhum, sem tirar nenhuma foto, só um tchau e obrigado. Fiquei decepcionada. É, mas pelo menos ele agradeceu.
Pelo menos a gente conseguiu tirar uma foto com o Seu Madruga, hihi.