sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Malditos cinco anos a mais

Eles não se conheceram por esses bate-papos da vida. Se conheceram por um site de relacionamento. Ele era amigo de um amigo dela. Mas fácil dizer que se conheceram pela Internet.
Nunca tinham se visto pessoalmente.
Mas desde a primeira vez que conversaram, pareciam que eram velhos amigos. Impressionante a tamanha intimidade que tinham.

Claire gostava muito dele. Ela sabia que podia confiar.
Adam se sentia feliz ao conversar com uma moça tão engraçada como ela.
Ambos se gostavam muito, apenas como amigos. Nada mais além.
Queriam muito se encontrar. A vontade era tanta, que nada poderia impedir. Nada? Não. Tinha um detalhe que atrapalhava qualquer plano dos dois. Idade. Cinco anos de diferença. Isso não é problema quando um se tem 20 e outro 25 anos. Mas esse não era o caso deles. Claire tinha 15 e Adam, 20.
Com certeza ninguém da família de Claire aceitaria um relacionamento com tanta diferença de idade.

Adam era um rapaz que a respeitava, não tinha características para ser considerado um ''pedófilo''.
Eles sempre comentavam em ter um futuro juntos, se casar, formar uma família...Brincadeiras assim. Era uma só brincadeira. Mas no fundo, os dois sabiam que pelo menos metade de todos aqueles planos deveriam acontecer.

Passado alguns meses, quase se formando em um ano, Claire se sentia estranha.
Não parava um minuto de pensar em seu amigo. Queria saber se eles poderiam conversar naquela tarde; se ela poderia matar a saudade (mesmo falando com ele na noite anterior). Ela não sabia o que estava acontecendo. Na verdade, sabia. Só não queria aceitar. Ela não podia gostar de um cara cinco anos mais velho. Não queria esperar. Esperar e sofrer.
Ela tinha certeza que ele não gostava dela, aliás, nunca perguntara, e nunca perguntou. Não queria saber a verdade.
Claire decidiu esperar para ver se era algo passageiro. Mas não. Meses e meses e ela sentia a mesma coisa. Não falou para ele com medo de sua reação.

Adam, realmente não a amava. Mas sabia que ela era uma menina especial. Uma menina linda, carinhosa e merecia as melhores coisas do mundo. No fundo, ele queria ter alguma coisa com ela. E queria mesmo. Nunca conhecera uma menina tão, tão, diferente, como ela.

Anos se passaram, e por incrível que pareça, não perderam o contato.
Claire já tinha 19. Adam, 24.
Muitas coisas aconteceram na vida de cada um deles. Claire, não gostava mais dele. Sinceramente? Gostava. Só que ela preferia não pensar nisso e esquecer.
O tempo passou, e agora eles teriam a chance de se ver pela primeira vez. Marcaram o encontro.

Estavam muito ansiosos. Muito mesmo.
O dia havia chegado. Claire, passou horas se arrumando - como toda mulher - e Adam, é, ele também.

Claire estava alguns minutos atrasada, mas isso não foi problema quando seus olhares se cruzaram. Nunca, nunca tinham sentido isso na vida deles. Talvez nem mesmo vocês. Havia uma coisa que era muito, muito difícil de se explicar. Os corações aceleraram. Os olhos brilharam.
Se abraçaram como dois amigos que não se viam há muito tempo - na verdade, nunca se viram.

Passaram o dia inteiro juntos. Fora o melhor dia da vida dos dois.

E os encontros eram cada vez mais frequentes.
Até que um dia, o primeiro beijo aconteceu. Isso também foi outra coisa que , realmente, é muito difícil para alguém descrever.
Em meio a tanta magia, se apaixonaram. E não aguentaram esperar. Começaram a namorar, um namoro fiel, um namoro sincero. O mais bonito de todos os namoros.

A metade de seus planos já estava feita.

Post gigante,enorme, eu vi.

26 comentários:

Cabeça no ar disse...

linda historia!

Sabrina Paiva !!! disse...

Nossa!Sinceramente me emociono muito com essas histórias de amor.
Adorei essa em particular.É bem empolgante.
Bjinhos
Xauzinho.

Prii Carvalho disse...

Ah como eu queria ter essa sorte... um "amigo virtual" em potencial até tenho... Só falta ele se apaixonar.

A historia é perfeita *-*
Adorei!

Besos.

Caá disse...

Que historia linda *-*
bom, metade dessa historia já aconteceu comigo, e ja se passaram dois anos..
é incrivel isso, esse mundo doido virtual uiDHSUIHDSIHSD

beijoo thaiis! ;*
ótimo fds ae :)

Coisinhas da Jeh _ disse...

oooun *-* me identifiquei tanto com essa história que você não faz idéia Tha! mas o problema é que ainda eu não o conheci :\ mas vou conhece-lo pode ter certeza. é um sonho que vou realizar em breve :DD
esse sentimento que sinto por ele é tão estranho pois eu nunca o vi e tals.
deixa eu te pergunta... de onde tirou inspiração pra escrever um texto tão lindo como esse? (:
a história é real ou não?
realmente gostei muito, de verdade!
beeijos ;*

Coisinhas da Jeh _ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Varda disse...

Ounn,que lindo..
E isso muitas vezes acontece..acho que até posso me usar como exemplo..
É tão divertido!!
*-*

;*

Luciana disse...

Muito legal a crônica. Isso realmente pode acontecer, do mundo virtual para o real. E é bonito tanto quanto à maneira tradicional. Gostei muito do seu blog. Parabéns! Beijos!

Beth Balanço... disse...

O melhor post!
Ameeeeeeeei mesmo..
Nem vou comentar muito porque esse assunto me faz render!
OAUAHAAUAOHAAAOH'

Grande beijo :*

Wagner Lopes disse...

Linda história...

Baseada em fatos reais? =)

Rafael Dessimon disse...

realmente linda história, muito bom o blog!

indo
dos msmo criador de Na Mira
http://na-arte-do-tempo.blogspot.com/

Josi Valentim disse...

vivi na pele... e bah... shsuahsua

rola até hoje!!
estamos juntos a dois anos!!!
adorei o blog! beijooooooo
obrigada pela visita guria!
ah pois eh.. rsrsrs

bju

Nathália Monte. disse...

que lindo!! isso deve acontecer raramente..=D
beijO

ana disse...

cinco anos nao é nada...mesmo neste caso, uma menina de 15 e um cara de 20...eu acho...

interessante a historia...tem algo de auobiografica? hehe

Veiga disse...

gigante... e muito bom!!

=)

parabens

Mandy disse...

De nadinha flor!!!

^^

Muito bom o post!
É uma bela história sem dúvidas!

BjO

мiмi ' disse...

Ah, que lindo!
eu tbm nao acho problema essa diferença de idade, acho que só os pais pensam assim.O que importa é o que vc sente pela pessoa.

;*

Aline disse...

Linda história!
Achei uma pena perderem tanto tempo. Idade não quer dizer nada. (romantismo mode: ON)

Beijos

André disse...

Quando o amor bate, não importa a idade mesmo...
Bela postagem.
Beijos.

Grupo Tabernáculo disse...

Oi Thaís! Tudo bem né?


Quem está falando aqui é o Danillo Araújo do Blog Viva Com Esperança (www.danillojose.blogspot.com)! Quero te apresentar um dos mais novos blogs que estou fazendo parte!

é o Blog do Grupo Tabernáculo! Gostaria que você desse uma forcinha lá... acompanhando e comentando nas postagens!

Fui Convidado para fazer parte desse grupo e criei esse blog... para todos os meus amigos blogueiros conhecer e nos acompanhar através das postagens...

Um Abraço e que Deus te abençoe.

Tatá...;) disse...

ownnnn que lindoooooooooooo *-*
ameu amei ameiiiiiiiiii!
*-* me senti tão solteira agora :P

bjus
http://taynalu.blogspot.com/

Fernanda disse...

que historia linda
me lembrou um livro chamado A moreninha
[beem literatura brasileira]
que conta a historia de um amor assim[parecido]
e a idade não tem nada a ver quando se é amor da cabeça aos pés.

Mayana Carvalho.♥ disse...

Que história viu!?
Arrasou!

Beijos

Mari Martins disse...

Realmente, linda história!
Eu penso nos meus amigos virtuais.. moram tão longe e mesmo assim estão super presentes na minha vida. Posso dizer que mudaram meu 2008 e que farão meu 2009 começar muitíssimo bem, já que uma dessas amigas, vem pro Rio em três dias. Nem presico dizer que tô meeeeega ansiosa. *-*

Brigado pela visita,
Beeeijos!

pedro dias disse...

você escreve bem =D

Carolina P. disse...

Ah que lindo Tha :D
Lindo meeeeeesmo.
Parece as histórias que eu fico imaginando e sonhando - mas que nunca acontecem.
É uma história real ou é só imaginação ? SIAOHSUIAHSUI
A gente conversa hoje - mais tarde - sobre o que você quer conversar HIHIHIHIHI
Beijo (L)