segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Última carta de amor

Você sabe que não sou muito boa em escrever cartas. Principalmente essas de amor. Para falar a verdade, não sei se você consideraria uma verdadeira carta de amor.
Na hora que eu mais preciso, as palavras fogem de mim, como se eu fosse maltratá-las. Mas eu sei tudo o que eu sinto por você, só não sei explicar. Espero que você me entenda.

Não quero nada muito clichê, porque definitivamente, eu acho uma coisa, digamos, não muito verdadeira. Então, se alguma coisa que você ler aqui, já ter lido em mais de cinco cartas, me perdoe.
Já tive vários amores, que pensei que todos seriam para sempre. E claro não foi - grande novidade.
Sinceramente, já me esqueci de todos. Todos mesmo. Mas também, quem liga para isso? Eu não, pelo menos, quando tenho você ao meu lado.

Parece que a minha vida é outra, que eu estou num mundo totalmente diferente quando estou com você. Nunca encontrei niguém que me fizesse tão feliz - mas que coisa clichê, eu juro que é a mais pura verdade.

A primeira vez que nos vemos, foi realmente inesquecível. Não posso me esquecer aquela noite em que saímos, e o carro quebrou em plena estrada, e tivemos de andar quase o caminho inteiro a pé. Aliás, tudo com você é inesquecível. E isso você já está cansado de saber.

Você mudou minha vida. Você mudou muita coisa em mim. Você mudou minha maneira de pansar. Você mudou minha maneira de ver o mundo. Você mudou a minha forma de amar.
Tenho certeza que daqui para frente não vou encontrar um parceiro, assim, como você.
Por isso, quero que quando você for, não se esqueça da chata que eu fui. Daquela que sempre brigava por você deixar espalhadas pelo nosso quarto, por você não ter lavado a louça no almoço de sábado, por você não ter dado comido para o Fred aquela noite. A única coisa que eu te peço, é que nunca se esqueça daquela que te amou da maneira mais sincera possível, daquela que lhe deu o seu coração.

Gente, só para avisar, mudei o endereço do meu blog (www.b-glad.blogdpot.com) . Então, quem tiver sei lá, o meu blog na lista de links e tal, se pudesse mudar ia me ajudar bastante. Obrigada gente :)

9 comentários:

Cabeça no ar disse...

bem bonita!

Atreyu disse...

Achei bem bacana! Cada um de nós pensa diferente quando o assunto é amor...
Obs.: achei o blog meio diferente...

Bertonie disse...

Thais, sua louca, rs.
Eu cliquei lá no link do teu blog e disse que nao existia mais D:
Daí eu e o Thiago ficamos gritando AAAAAAAAAAAH, e mandando o emoticon NOAA. Quer dizer, só eu fiz isso, mas ok. Você me deu um susto, bjs.
Eu adorei a carta, rs. Você já fez um post parecido não?

beigos mil

Mauro F. disse...

Wow ! Simplismente bem bonito, mesmo.;)
Vou adicionar você nos acompanhados, hein!

Marcela disse...

Que liinda a carta!
Concordo plenamente contigo quando tu fala que as palavras fogem quando a gente mais precisa delas...Adooro o teu blog!parabéns!beijos!

Thiago L. disse...

omg que lindo
*---*

enfim, você me deu um susto sabia? Achei que você tinha excluído o blog. ufa.

Bjsss

Amanda disse...

Oi, ameii seu blog, ótimo !
To acompanhando !!

Da um olhadinha no meu, fazendo favor !! :)

Beeijus'

kellen valeska disse...

Oie..

Lindo texto mocinha...=)
Olha se fosse só com vc q as palvras fogem ,agente ainda dava um jeitinho,mas isso acontece com quase todos nós...
E elas sempre fogem quando mais precisamos delas,hehe=)

bjo;)

Sabrina Paiva !!! disse...

Oh!Mais que coisa linda!
Ficou naturalmente romântica essa cartinha de amor.O Amor é tão lindo e ao mesmo tempo tão surreal pra mim...aproveite-o querida.
Muito fofo mesmo!
Adorei!
Beijinhos
Xauzinho