terça-feira, 12 de maio de 2009

"Mamãe como foi que eu nasci?"

Já se foi o tempo em que as criancinhas chegavam com aqueles olhinhos brilhando e perguntavam para as suas mães como que eles foram feitos e escutavam aquelas respostas prontas: "Ah, meu filhinho, foi a Dona Cegonha que o trouxe aqui pra casa." E o bebê ficava pensando com a tal Dona Cegonha até os seus 7 anos, até descobrir que não era bem assim. E ao descobrir como ele realmente veio a esse lindo mundo, fazia aquelas caretas, soltava gargalhadas e quando alguém falava alguma coisa do tipo já ficava com aquelas bochechas todas rosadas.
Mas os tempo mudaram e agora aqueles "bebes" que acabaram de aprender a resolver uma equação, escuta com a maior naturalidade um assunto sobre sexo. E até mesmo participa, fazendo todos os tipos de perguntas e quem sabe, conta sobre as suas experiências, sem vergonha alguma.

Se vou casar virgem ou não, disso não tenho ideia alguma. Meus pais ainda não me chamaram e disseram que precisavam conversar de um assunto sério, porque eu já estou crescendo. Já não fico toda vermelha quando alguém toca no assunto. Também não faço mil e umas perguntas à minha mãe. Não faço questão de perder a virgindade o quanto antes só para sair espalhando por aí.
Sexo, se tornou um assunto comum, e agora, aqueles "pirralhinhos" falam nisso num boa.

35 comentários:

V. Martins disse...

Ai, é bem verdade isso, sabe?
As crianças estão perdendo a inocência.

E falar de sexo hoje em dia é tão comum. Quase tão comum como comentar o clima com um estranho no elevador, ou na fila da padaria.

A propósito, EU FALEI DE SEXO HOJE NO FUSCA! D:

É. A sociedade tá perdida, viu?

Thiago Laurent. disse...

Eu concordo com o Vi, as crianças perderam a inocência.

Mas por outro lado, agora está bem mais fácil para um pai falar de sexo, pois hoje, com tantos recursos, ele nem precisa passar pelo sufoco de explicar o que é sexo de fato pro filho (a) :s

Marina Melow - Papo Contemporâneo disse...

Ótimo tema que o TDB escolheu, adoro falar sobre sexo. Em um texto meu de sociologia eu digo que o sexo não é algo feio, foi apenas banalizado pela sociedade e para os leigos o sexo é algo chulo, devasso. Mas não é e faz parte da natureza humana, isso é inevitável.
Quando ao tema virgindade, um assunto bem delicado, e algo muito difícil de se encontrar hoje em dia. Praticamente todas as minhas amigas não são mais virgens, e são tão novas, me dá pena e fazem sexo em demasia e como você disse aí, saem por aí falando como se fosse algo lindo ficar "dando" pra um e pra outro. Quem sou para proibir alguém de fazer sexo? Ninguém, mas só acho que essas meninas da nova geração deviam ter mais cautela, se valorizarem. Da nossa vida os nossos pais tomam conta, mas do nosso corpo, somente nós podemos cuidar.

Ufa! Como viu, adoro falar sobre o assunto. Hehe :D

Beijos Thaís!

pedro dias disse...

sexo é comum ué, só fica indecente porque tem gente que ainda insiste em querer esconder... mas isso está mudando

Atreyu disse...

Depende muito do significado escolhido pra a palavra inocência.. no fundo crianças são sempre crianças.

Khaos disse...

hahahaha, faltou a história da "sementinha" xD. Mas enfim, você tocou num ponto bem interessante, quando diz que até os gurizinhos hoje falam sobre sexo numa boa. Seria banalização ou apenas algo relacionado à època em que vivemos?


Não faço questão de perder a virgindade o quanto antes só para sair espalhando por aí.[02]
=***

Debbys disse...

Pois é, esses pirralinhos crescem muito rápido... se eu tiver filhos não vou querer que eles cresçam tão rápido naum.... enfim, é um assunto realmente constrangedor dependendo como e onde é a conversa, mas é natural, né? Mas acho algo bem pessoal..
bjuss

Ricelly Gama disse...

Sexo faz parte da vida e tem que ser falado msm :D

E vc tem que fazer qdo achar que deve e não pra espalhar por ae, concordo plenamente

bjs :*

Bertonie disse...

É verdade. Sexo tornou-se um assunto muito aberto, mas acabou destruindo a inocência que ainda restava nas crianças.
Os bons tempos, esses num voltam mais.
E cadê o post sobre o Programa do Jô?



beigos mil

Jéssica disse...

Éééé, crianças não estão mais como antigamente. Estão mais espertas. Só acho que deve ter o momento certo de falar com elas :*

Cadinho RoCo disse...

O que de fato devemos preservar é a integridade do nosso sentimento para que dele não colhamos frutos indesejáveis.
Cadinho RoCo

. Larii. disse...

é isso ai!
sexo é uma coisa normal agora,
mas sinceramente, não sei qual a sua idade, mas uma coisa que eu te falo,
não fica esperando o principe encantado chegar, pq quando ele chegar vc não vai saber fazer nada e vai pagar mico..
hehehe,
mas tbm não tenha pressa e faça com alguém que vc goste, e nunca saia com um e com outro isso não é legal!
espero ter te ajudadooo...
:)
Beiijão!

Natália disse...

muitto bom aquii!
e concoordo, hoje em dia as crianças falam nisso cada vez mais cedo ne ;P
ta de parabens!
beeijos

T disse...

que fofura você!
e cada coisa ao seu tempo, e se seus pais não te chamarem para a tal conversa, chama você eles!

Hosana Lemos disse...

o assunto de sexo tá ficando tão normal hj em dia como dar boa tarde para alguém (é, exagerei um pouco)
:P

Bjãoo flor!
^^

cla. disse...

apesar de ser vergonhoso,tem que se tratado com naturalidade né ?
se bem que eu nunca falo disso com a minha mãe.

Kenia disse...

hoje em dia e dificil segurar a inocencia das crianças!

Camila disse...

esse é um assunto polemico.
prefiro naum opinar hoje


bejoos

Rebeca disse...

Sexo, se tornou um assunto comum, e agora, aqueles "pirralhinhos" falam nisso num boa. [2]
Concordo totalmente!

Beijinhos!

Aline disse...

E falam mesmo! Eu fico abismada com as conversas dos meus priminhos de 10 e 11 anos. Com essa idade eu ainda brincava de Barbie e continuaria assim por mais uns 5 anos.

Thalita Prates,15 disse...

concerteza as crianças de hj não são mais como a de antigamente , e sou grata por não fazer parte deste grupo , pq amoo a inocencia ( pena que já perdi a minha :) )
quanto ao sexo , acho que hj em dia é impossivel sentir algum constrangimento por ouvir falar do assunto , só quem não tem tv em casa !

bjim querida .

Deeeh _ disse...

AMEI
suahuahs
beijocas :*ps: todo mundo faz essa perg, ne??

Philip Rangel disse...

é hoje em dia os pais nao tratam esses assuntos com os filhos...deixam muito passar por cima a tona.....

mas tem q ser falado para nao sofrer ao futuro...

bjos

Paula disse...

Gostei da sua mentalidade, Thais, isso é que é ser moderna na minha opinião!
Bjos,
Paulinha
http://twitter.com/miss_hippie

Leila disse...

Quando eu disse do lado de uma amiga minha de 24 anos que ng nasce do pé do repolho, ela quase chorou... Juro!

Gabriela disse...

Isso é bom,vc é madura e consciente,fazer sexo é pra qdo estiver pronto,não pra ser mais uma a contar q perdeu a virgindade!
bjão

Julyany ;) disse...

de verdade, eu vivo comentando isso com minhas amigas. No colégio eu olho umas crianças da sétima série,todas lotadas de maquiagem, blush até na alma, com umas caras de piriguetes e sempre falando sobre: peguetes, beijos, sexo... Meu, na minha época, sétima série era ano de ainda brincar com Barbie, e cada dia que passa, crianças masi novas falam sobre suas experiencias(sexuais ou 'beijais') no meio do pátio sem a mínima vergonha!
É, os tempos mudaram, o mundo ta perdido sem a inocência da minha nossa época! shuashuahsasuahsua

Jessica Berdych Laviere disse...

Hoje o sexo se tornou uma coisa tão banal,que se vc já não é sexualmente ativo as pessoas riem de vc.
As pessoas não sabem das responsabilidades que tem que ter consigo e com os outros, é por isso que tem tanta adolescente grávida sem saber quem são os pais de seus filhos,e tantos garotos com DST.
Não sou muito otimista de que com informação melhore,pois informações já temos tantas...a tendência é piorar.
O que deveria ser algo especial,e reservado virou uma coisa comum como ir a padaria.

Não faço questão de perder a virgindade o quanto antes só para sair espalhando por aí.[3]

Bjos Flor!

Rafael disse...

Minha mãe disse que saí da vagina da cegonha.

O Profeta disse...

Um Violoncelo reage ao toque
Vibram as cordas, solta-se a melodia
Das mãos escultoras das notas
Saem afagos de sonora magia

Uma alma reage aos acordes
Um coração bate ao compasso
Uma voz entoa dolentemente
Um corpo deseja o abraço



Um feliz fim de semana


Doce beijo

*Lusinha* disse...

Não sei, mas ainda acho que o sexo ainda é tabu na nossa sociedade.
E que muitos pais ficam se enganando, achando que seus filhos ainda não cresceram, mas mal eles imaginam o que os filhos deles já estão fazendo. (e não estou falando de você aqui, :) ).
Bjitos!

~.Lígia disse...

Posso invadir, posso?
Invadi! =)

E não é que é mesmo... Eu respeito a opinião de todo mundo, sabe. Façam o que acharem que seja melhor e ponto.
O medo que me vem é o de passar uma boa idéia pros meus filhos e tal.
Mas eu mesma não queria crescer, às vezes gostaria de continuar uma criança pra não ter que ver a "evolução" do mundo nesse aspecto.

Gostei da abordagem e do blog! =)
Vou seguí-la!
Me visita se der tempo! =)

Bom fim de semana!
Beijos!

Sofia Borges disse...

Querida, somos duas que com 7 anos acreditavamos em cegonha hahaha.. até me contarem a verdade ):

Beijos, bom fim de semana ;*

Holly disse...

concordo c quase tudo. Eu só acho q pras crianças o assunto sexo ainda causa mtas risadinhas. XD + fora isso, adorei seu post

GaB. disse...

Esses dias eu vi uma sequencia de fotos de duas kids, mas beem crianças tipo uns 5 aninhos, no maior amasso.! com mão lá e tudo!
tipo...ã?
onde o mundo vai para minha gente?

beeeijos.