segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Alice e seu amor

Quando finalmente Alice estava entrando para o último ano do colegial ela recebeu a notícia de que teria que mudar para outra cidade. Seus amigos, suas histórias, seus lugares favoritos, sua vida naquela cidade de onde nunca saiu teria que ser deixada, inclusive, o principal: o seu único amor . Um amor no qual ninguém acreditava, todos achavam que era pura besteira. Mas os dois sabiam que não era.
Seu mundo desabou em um minuto. Não queria ir, não podia sair de lá. Mas não tinha escolha, teria que recomeçar sua vida.

E recomeçou. Um começo péssimo devo lhe dizer. Alice não sentia mais nada, apenas tristeza e solidão, com excessão de uma coisa: o seu amor continuava o mesmo.

A cada dia que passava, mais longe ficava, mais sozinha se sentia. Ela era só uma metade, estava incompleta. E assim ficou durante os dois últimos anos.
Alice estava cansada de, mesmo nos raros momentos de alegria, sentir que algo estava faltando.

Um dia, em meio a tantas correspondências, recebeu um vale-jantar para aquela noite em um restaurante que diziam ser espetacular.
- Deve ser alguma brincadeira, será que vale?, pensou.
Mas ela foi mesmo com medo, mesmo estando sozinha. Seria bom pra ela pensar, refletir sobre a vida e fazer coisas que ela não fazia há muito tempo.



Realmente o restaurante era maravilhoso. Lustres de cristais espalhados por todo o teto, tapete de persa da mais alta qualidade, espelhos enormes preenchiam as paredes de cores neutras, cadeiras que além de serem lindas, eram extremamente confortáveis.

E assim passou a noite, no meio de todo aquele luxo. Tudo estaria perfeito se não fosse por um único detalhe: estava sozinha. Foi aí que ela pensou em tudo que havia passado, infelizmente, seu eterno amor não durou como prometido, por mais que ela ainda o amasse. Afinal, ele nem deveria estar pensando mais nela porque...
- A senhorita gostaria de uma sobremesa? - perguntou aquela suave voz que a fez interromper seus pensamentos
- É... Não muito obr...
Era ele. O seu amor que um dia juraram nunca mais se separar. A pessoa que ela mais amava. A sua metade, o seu coração. Ela sabia que ele nunca a deixaria, em hipótese alguma.

Lá estavam os dois naquela noite que aparentava ser só mais uma sozinha. Lá estavam os dois mais apaixonados do que nunca.
Lá estavam eles que, para quem olhava, eram somente duas pessoas. Mas no fundo, eles sabiam que eram um só.

19 comentários:

Gabi Petrucci disse...

Aaaaaaah, que liiindo!
Lindo, lindo, lindo! *------------*
Aposto que Alice ficou MUITO³ feliz!
Eles se mudou pra cidade dela? *-)
Quero um amor assim, como faz?

Carolinne disse...

Que lindoooo,
aii melDeus, Quem não quer um amor desse, que lindo! O amor é fundamental na nossa vida! Sem eles somos só metade, somos incopletos!

Que lindooo!

:D

Um maravilhoso inicio de semana pra tiii! :D

Fabiana Celso disse...

adorei, lindo texto.
Quando é amor, nunca acaba!
:*

Erica Ferro disse...

Lindo!

# Louis disse...

Porque o verdadeiro amor é ETERNO ♥

Lari. disse...

*_________* LINDO! Ah, o amor ^^

Debbys disse...

ahhh, lindo lindo demais!!
adorei a história, ainda mais pelo final.. ^^
bjusss

Camila disse...

Amei a história.

Segredos de Liquidificador disse...

Eu achei incrível!
Você tem tendência a escrever romances, porque pelo que pude ver, você é realmente brilhante nisso. Faça mais posts assim, amei!
Beijos!

Juliana Marques. disse...

me lembrou Gossip Girl.
hahahah ;D

Varda disse...

Recomeçar é sempre difícil.

Gabriela S. * disse...

QUE LINDO,nossa vc escreve perfeitamente bem ;*
Seu blog ta lindo,to seguindo,sei que nao escrevo tão bem quanto vc mas adoraria que passase no meu http://www.vivendonocapricho.blogspot.com/
Beijos e sucesso;

Mariana Lopes disse...

que história perfeita, que blog perfeito *-*

DeB disse...

ooooooooooooooooun *_*
muito perfeiiita!
Beijo

Ali (: disse...

que lindo isso! eu AMEI a história e o blog! passa pelo meu?

http://lilac-loop.blogspot.com/
:*

Ada Lílian disse...

que história perfeita, que blog perfeito *-* [2]
Eu amei seu blog, parabéns.
beeeijos, Ada

Bruna * disse...

ooolha, sou eu ... hahaha, aqui em ny :) - not

Merylliel disse...

ownnn q cuti cuti!!

Tem promoção no meu bloguinho! vai la!!
BJS

rere.ferreira disse...

Velho, que história incríiiivel. Você tem o dom de prender a atenção desde o começo até o fim do texto. Quando vc vai escrever um livro? Eu quero muuito! HAHAHA Parabéns, nerdzinha!