quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Carta e clichês

"Como muitos clichês dizem por aí, tudo é passageiro.
As pessoas se vão, as jóias - algum dia - serão esquecidas, as roupas não servirão mais e os papéis de tantas cartas escritas e já recebidas, decomporão levando consigo somente as palavras rabiscadas.
Esta carta um dia será deixada numa antiga gaveta. Não tenha dúvida. Mas o sentimento que nela deposito, será eternamente lembrado.
Muito tempo eu não possuo, são poucas as palavras que me pertencem, mas do que me serve tantas letras e rimas se a poesia mais bela que existe já é minha?
Você.
Como muitos clichês dizem por aí, tudo é passageiro. A não ser pelo nosso amor."

Como um pouco de dificuldade, ele assinou e deixou o papel ao lado da amada.
Por alguns instantes, a observou e notou que mesmo depois de tanto tempo ainda sentia seu coração transbordar de paixão.
Sem muito pensar, se aproximou e beijou aquele rosto delicado cheio de rugas, na qual amava admirar. Mas já estava tarde, então deitou, fechou os olhos e dormiu profundamente. Como um anjo.

17 comentários:

Mayara Cunha disse...

eu acho que, de todos os seus posts que eu já li, esse foi o mais emocionante. e, pra mim, o melhor de todos!
você tá se superando a cada dia, QUE TEXTO LINDO!

Gabriela Petrucci disse...

Que coisa mais linda, Thais!
Imaginei tudinho *-*
Quero um marido assim!


Beijo

Ninaaa . disse...

Concordo com o primeiro comentário, esse foi o melhor texto que você já escreveu. Muito, muito lindo MESMO. Beijos, flor.

Marcela disse...

Nossa você se superou, tava inspirada hein? Realmente muito bom, sempre te achei uma ótima escritora e esse texto só confirma isso.

Marcela disse...

e eu esqueci de dizer que também amo muito mesmo as fotos que você tira, são lindas :)

Laryssa disse...

Preciso dizer que a carta ficou fantástica?
Nossa. As palavras dela são o meu sonho. Será que eu consigo ouvi-lás um dia? Hm, quem sabe? Todos nós temos essa chance em algum momento o que vale é se iremos aproveitá-la ou não.

Renan Mendes disse...

Ai, tenho muito orgulho de ti.
YUHUL!

Laísa disse...

Que lindo esse texto! Vou te seguir, gostei do seu blog (:
Beijinho!

Pedro Ricelly disse...

Como você consegue escrever cada vez melhor? Sempre fico emocionado ao ler seus textos, são sempre incríveis.

Beijão :*

Vivian Chazan disse...

Esse foi o melhor texto que você já escreveu aqui, é emocionante *-*
Meu Deus, esse blog fica melhor a cada dia que passa!

Hey!You disse...

Fiquei imaginando a cena... *---*
Adorei o blog!
Passa no nosso também?
http://www.apenasumavirgula.blogspot.com/

beeeijo :*

Li Barreto disse...

Adorei teu blog!

Braulio Pereira disse...

que fofura céusssssss!!!

adorei


beijo!!

Mariana Lopes disse...

QUE LINDOO *-*
Acho que esse é o amor que todo mundo quer, um amor que não importe quanto tempo passar, ele nunca acaba, só cresce.

Anônimo disse...

Essa menina vai longe.
Que Deus sempre abençõe sua vida, seu caminho, sua mente e suas palavras.

Um beijo,

Papai.

Natália disse...

Infelizmente são passageiras mesmo e não podemos fazer nada. beijo

Gaby disse...

Ai. Que. Lindo. Thaís, você escreve muito bem, não têm nem noção...

Beijooos