quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Mecânico

Passos largos e apressados eram dados todos os dias. Pastas pesadas e papéis importantes eram cuidadosamente carregados por mãos cansadas. Fantasiados de ternos quentes andavam sempre a diante. com um olhar vazio direcionado a um único objetivo, nada mais.

Prédios cinzas competiam para ver quem chegava mais próximo do céu escuro e pesado. A repetida melodia que os carros faziam todos os dias, já era como um silêncio, um barulho comum. Música aos ouvidos desatentos.

Durante essa correria, pássaros se refugiavam em seus ninhos, as árvores ficavam escondidas e perdidas em alguma esquina qualquer, as flores afrontadas, não saíam mais, só dormiam.

Tudo se resumia em algo chulo.
Uma rotina mecanizada. Um cotidiano vazio.

15 comentários:

Victoria Dowsley disse...

Muito bom tha, adorei!

Renata Ferreira disse...

Isso é que é dom de falar "quero escrever" e sair um texto demais, hein?! HAHAHA muito bom, tha!

Natália disse...

E que se não está agradando deve ser mudado. Beijo

Vanessa disse...

É tão ruim quando deixamos tudo cair na rotina. :s
Ah linda foto do olá

Jeniffer Yara disse...

Eu já tenho meio que uma rotina agora,que ainda nem saí do ensino médio,mas ela até que é saudável,por causa dos estudos;mas eu espero não ter a rotina que tantos têm hoje em dia,como a que você descreveu em seu texto.
Muito bem escrito seu post *-*

Beijo

Renan Mendes disse...

Ai, eu tenho tanto medo de crescer e ser mecânico... Não quero, não ><

Tamires Buliki. disse...

Ô vida chata, hein? Acho que se eu vivesse em uma metrópole não teria nem inspiração para escrever mais...
Beijo.

Laís disse...

A vida levada no piloto automático,todos os dias.O mesmo de sempre,vida moderna mais atrasada do que nunca.


beeijo

Alquimista de Sonhos disse...

Pf, odeio rotina D:

Núbia :) disse...

Nossa, parece que você retratou Curitiba nesse post. POr essas e outras preferi que direito fosse meu hobby, e não meu trabalho. (Optometria lover ;)

Debbys disse...

odeio rotina.. mas às vezes é difícil sair dela..

bjuss

Marie Raya disse...

Tudo hoje em dia é mecânico demais. É preciso fluir mais natural, olhar para os lados e ver aquilo que há de belo. Perder 1 minuto pensando seus próprios pensamentos, ao invés de seguir passos mecânicos e iguais.

Larissa disse...

é a robotização do mundo, a mecanicidade devastadora que acaba diminuindo momentos singelos da vida...
adorei seu texto!
;)

;**

Thaís disse...

Rotina é super entediante mesmo. Mas penso que rotina é uma opção, quem não quer viver ela, arranja coisas diferentes para fazer. :D

Thais disse...

Um cotidiano vazio mesmo!!! Ainda bem que aqui em Brasília ainda tem árvores, flores e pássaros! De vez em quando aparecem uns carcarás ou uns tucanos na minha janela! :D É mágico!!!

Ah, o "Escher" está em Brasília, não sei para onde irá depois, mas ouvi dizer que depois que sair do Brasil, ficará na Escócia, GUARDADA, para recuperar! Gente!! Mas é tudo tão perfeito, não sei o que tem para recuperar...

http://thaisacorrea.com/b/