domingo, 9 de janeiro de 2011

Mesmo que eu nada tenha em minhas mãos, ou quem sabe até dentro de minha alma, eu não me preocupo. Me contento, somente, em admirar o seu olhar. Notar o singelo brilho que sempre possui e o mistério no qual eu anseio desvendar. 
Podendo isso, não preciso de mais nada. 
A não ser você.

11 comentários:

Ada Lílian disse...

"Notar o singelo brilho que sempre possui e o mistério no qual eu anseio desvendar."
Adorei o post, beeijos.

Renan Mendes disse...

que lindo, gente.

*.*

Bárbara Fróis disse...

Que declaração de amor! Amei
Bejos

Jeniffer Yara disse...

Lindo *.* Só consigo escrever isso.

Beijo

Natália disse...

Se for mutuo ainda vale a pena, caso contrário, preocupe-se mais com você. Beijo

Tha ! disse...

"Notar o singelo brilho que sempre possui e o mistério no qual eu anseio desvendar"
Disse tudo ! bjo:)

Debbys disse...

adorei! ^^
bjssss

Kakau4ever disse...

Que lindo! E achei fofa a fotinha do seu perfil. Tá show...bjoks flor

lovechips disse...

"Podendo isso, não preciso de mais nada.
A não ser você."
To precisando achar o meu "você"
Beijocas

Mario Sergio Machado disse...

Este texto é seu?

Letícia Vieira disse...

muuuuuuuuuuuuuuuuito lindo!