quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Três

As vezes me pego olhando textos que eu escrevi alguns poucos anos atrás e vou lendo 2008, 2009, 2010 ... anos em que aos poucos eu fui crescendo e descobrindo como o caminho da vida vai se tornando e isso eu podia notar em cada palavra ali escrita. Palavras que me ajudaram, que de certa maneira me escutaram, palavras que muitas vezes, também fugiram, mas todas ficaram eternamente guardadas em algum lugar por onde andei - e devo admitir que até mesmo dentro de mim.

Hoje esse ciclo se repete mais uma vez, como o que há três anos iniciei. E me sinto feliz por isso - encontrar palavras, aparentemente, simples e fazer delas minha.
Mas uma das melhores experiências nisso tudo foi não privá-las de ninguém. Ao saber que tudo aquilo que escrevi, um dia foi lido por alguém e acima de tudo, a mudou, de certa forma, me deixa mais que encantada.

E é isso que eu agradeço nesses três anos. Por eu nunca ter deixado a falta de inspiração - ou até mesmo o cansaço - me derrubar e acima de tudo, por ter sempre alguém lendo minhas singelas palavras.

Obrigada à você de todo o meu coração.

7 comentários:

meadd disse...

Gostei muito do seu blog sempre que puder
vou voltar.
Da uma olhada no meu blog tambem!

Natália disse...

Nesses meus 3 ou 4 anos de blog, percebi o quanto evolui, tanto na escrita quanto nos sentimentos.

Parabéns.

Beijo

Stephanie Pereira disse...

hoje tava fazendo esse mesmo exercicio.. voltando aos textos antigos.. é bom perceber nossas evoluções com o passar do tempo, nao é? e perceber que tem pessoas que nos acompanham desde o começo... Ë sempre bom (: Parabens pra o blog e pra blogueira. (:

Pedro Ricelly disse...

HAHA eu tô aqui há 2!

Debbys disse...

pois é, ser blogueira não é fácil.. antes de ter o Cotidiano, foram vários os blogs que montei e deletei, por falta de ânimo ou visitas, mas acho que nossos blogs são a prova da força de vontade, do objetivo alcançado... hehehe.. pelo menos é assim que eu me sinto..xD
bjssss

Tamires Buliki. disse...

Esses dias estava a fazer o mesmo... e é tão bom ver como a gente cresce e esquece as coisas de uma forma que meses atrás (no meu caso) eu jamais poderia imaginar!
Beijo, querida.

Babih Xavier disse...

Parabéns \o
sei bem o que vc sente, pq meu blog tbm significa tanto pra mim *-*