quinta-feira, 23 de junho de 2011


São poucas as lembranças que me vêem a mente quando eu penso em você - talvez por que o tempo decidiu as levar, talvez porque você não deixou tantas coisas por aqui. Eu não lamento, muito menos choro quando penso em tal situação.  
É difícil entender a razão de tudo isso. Da ausência, da saudade.
Mas essa falta não dói, ela apenas chama meu nome algumas vezes e me acorda de um sonho qualquer - já me perguntei tantas e tantas vezes porque não me deixa sonhar, mas ela teima em não responder... Uma pena!


Então eu acordo e fico a olhar aquela antiga fotografia que você deixou ali, talvez a única lembrança a qual fez questão de guardar - e eu, de manter.

9 comentários:

Debbys disse...

isso foi bem triste...
saudades dói mesmo... bjus

Renan Mendes disse...

Lembranças...

Vivian disse...

Foi um dos textos mais lindos que você já escreveu :')

Jeniffer Yara disse...

Existem coisas que não nos dão saudades,mas que simplesmente vem como lembranças e nos fazem sentir uma certa saudade...

Beijos

Vanessa disse...

Eu adoro os seus textos eles são tão doces e tão bonitos *-*
Lembranças... [2]

@der_werwolf disse...

Palavras doces, seu texto é tão relaxante. Parabéns pelo blog continue assim ;D
Abraços.

Juliana Morgani disse...

Você escreve tão bem...
E ainda com Simon and Garfunkel.. :)

Fernanda, 18 anos. disse...

Lindo texto! Suas palavras foram tocantes!

Laryssa disse...

Esse texto me fez viajar para um passado que parece estar tão distante mas que me fez parar no tempo ao ver um filme de certas lembranças na minha mente.