domingo, 7 de agosto de 2011

Os tais segundos dos quais ninguém se sabe

Uma vez, quando eu ainda mal sabia o que era viver, me disseram que no momento exato antes de morrermos nossa vida inteira se passa diante dos nossos olhos desesperados e então estamos prontos para ir embora.
Eu, como sempre, não acreditei nessa bobagem. E vou lhe contar um segredo, estava com um pouco de razão, não totalmente, mas uma parte eu estava certo sim.
Pessoas, como muitos estão cansados de saber, exageram. Mas essa retrospectiva momentânea não é daquelas com uma trilha sonora, filmes de momentos aleatórios da nossa infância... Não.
Tudo bobagem. Fantasia de poeta.
Comigo a vida pareceu, pela primeira vez, passar devagar até que segurei levemente suas mãos como velhos amigos,  e andamos a um lugar que eu mal consigo me lembrar onde era, mas as cores de lá, ah, que cores! Se eu pudesse guardaria todas em uma caixa para poder olhar quando quisesse. Encantado.
Quando eu achei que sentiríamos uma brisa gelada, que escutaríamos o vento dizendo qualquer coisa, ela soltou minha mão rapidamente e riu.
Fugiu.
Quanto a mim? Fiquei aqui, sozinho, esquecido nesse lugar sem nome, e sem uma lembrança se quer de uma infância gravada em pedaços em fitas velhas. Se eu ao menos tivesse as tais cores comigo...  

13 comentários:

Jeniffer Yara disse...

Que lindo,que verdadeiro *-*

Beijos

Debbys disse...

que isso gente... até arrepiei! mt lindo! =]

bjsss

andressa n. disse...

muito intenso... da até pra imaginar a cena *-* muito bom mesmo. (:

Pedro A. disse...

oii, gostei muito do seu blog.
Entre no meu e veja se gosta também e seja nosso seguidor, vlw.

www.hatesosweet.blogspot.com

Nati disse...

Também queria guardar para poder ver de novo e de novo, toda vez que sentisse saudade, mas infelizmente isso não é possível... Beijo

Pedro Ricelly disse...

Texto lindo e o começo tá me fazendo refletir ...

"quando eu ainda mal sabia o que era viver"

Beijão :*

Lohaine Trajano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lohaine Trajano disse...

Me faltou fôlego, então eu vou ser bem direta: poxa vida, que lindo.

Thaís. disse...

Li tudo numa sentada só. E foi tão lindo, tão rápido... quero mais. Como faz? :*

Laryssa Guimarães disse...

As cores ainda podem existir na sua mente. Troque o cinza, o frio e os segundos por minutos felizes, coloridos e calorosos.

❀тєcα❀ disse...

Ah que lindo, adorei!Beijos linda tô seguindo seu blog viu?Beijão!

Pramod Negi disse...

I liked it so much and very interesting, too! Thanks for sharing the experience.
Wonderful post, really great tips and advice. I was interested by your comment,
Cheap Xiamen Flights
Flights to Xiamen
Xiamen Flights

Tiane Fróes disse...

A sua última frase sempre reserva a melhor e mais encantadora parte do texto.